Segurança

Detentos de Cornélio Procópio são suspeitos de extorquir empresários com golpes telefônicos

Com medo e temendo pela segurança da família, as vítimas depositavam dinheiro a eles

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações do MPPR
Detentos de Cornélio Procópio são suspeitos de extorquir empresários com golpes telefônicos
(Foto: Ilustrativa/Pexels)

14 de janeiro de 2022 - 12:02 - Atualizado em 14 de janeiro de 2022 - 12:02

Seis detentos da cadeia pública de Cornélio Procópio, norte pioneiro do Paraná, foram denunciados pelo Ministério Público do Paraná (MPPR). Eles são suspeitos de 16 crimes de extorsão (consumada e tentada) contra empresários.

De acordo com a Promotoria, os detentos teriam pesquisado telefones de estabelecimentos comerciais da cidade e da região para contato. Eles teriam fingido serem traficantes conhecidos para pedir dinheiro e intimidar. Conforme o divulgado, entre as ameaças, diziam que, se não recebessem os valores exigidos, “colocariam seus moleques para roubar”.

Com medo, as vítimas depositavam dinheiro para não sofrerem represálias e protegerem familiares. Na denúncia, são citados empresários que foram extorquidos, de diversos setores, como óticas, supermercados, lojas de motos, tintas etc. Os crimes destacados na ação foram praticados entre julho e agosto de 2021.

Quer mandar uma sugestão de pauta pro RIC Mais? Descreva tudo e mande suas fotos e vídeos pelo WhatsApp, clicando aqui.