Segurança

Cybercrime: Adolescente é ameaçado por facção criminosa após ter a rede social invadida

De acordo com a Polícia Civil, as ameaças começaram após um post suspeito apoiando um grupo criminoso. Família e a vítima precisaram se mudar

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações Polícia Civil
Cybercrime: Adolescente é ameaçado por facção criminosa após ter a rede social invadida
(Foto: Ilustração / Pixabay)

9 de março de 2022 - 17:00 - Atualizado em 9 de março de 2022 - 17:00

A Polícia Civil do Paraná abriu uma investigação para apurar a invasão da rede social de um adolescente, de 17 anos, após uma postagem de apoio a uma facção criminosa aparecer em seu perfil. O jovem é morador de Imbituva, nos Campos Gerais do Paraná, e recebeu ameaças de criminosos.

Segundo o delegado Luís Gustavo Timossi, que investiga o caso, o adolescente não apresenta histórico de crimes ou qualquer vínculo com organizações criminosas. Timossi acredita que o suspeito utilizou a conta da vítima depois dela esquecer as redes sociais logadas no celular do invasor.

O post viralizou e a facção rival passou a ameaçar o adolescente. Os familiares procuraram a polícia e fizeram a denúncia.

Ainda de acordo com o delegado, a Polícia Civil confirma que a postagem não partiu da vítima, que precisou se mudar com a família.

Os investigadores trabalham com a hipótese da postagem ser uma brincadeira de outro adolescente.