Segurança

Crime no Lago Azul em Cascavel tem indícios de execução, segundo a DH

Segundo a polícia, Jean Carlos já havia sido vítima de uma tentativa de homicídios no dia 28 de julho

Aline
Aline Cristina / Repórter
Crime no Lago Azul em Cascavel tem indícios de execução, segundo a DH
(Foto: Polícia Militar)

19 de agosto de 2021 - 12:19 - Atualizado em 19 de agosto de 2021 - 12:19

Em entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira (19), o delegado da Homicídios de Cascavel, Diego Valim, falou sobre a morte de Jean Carlos Ferreira Ribeiro, de 24 anos. O crime pode ter envolvimento com o tráfico de drogas.

Segundo a polícia, Jean Carlos já havia sido vítima de uma tentativa de homicídios no dia 28 de julho, na ocasião ele foi ferido com um tiro no braço, mas quis repassar detalhes sobre o fato.

“A princípio na ocorrência antiga ele falou que tinha chegado a cerca de 15 dias de Curitiba. Nós estamos apurando se naquela ocasião, ele deu uma informação desencontrada, pois ele não quis repassar muitas informações sobre a tentativa de homicídio. Ele tem familiares em Cascavel, mas estamos verificando se ele morava ou não na cidade.”

Diego Valim – Delegado da Homicídios de Cascavel

O corpo de Jean foi localizado na Rua Galo da Serra na região do Bairro Lago Azul, em Cascavel. Moradores da região relataram à polícia que pelo menos cinco disparos foram ouvidos, o laudo do Instituto Médico Legal vai confirmar quantos tiros acertaram o rapaz.

 A investigação aponta para uma possível execução, já que pelo menos perfurações foram encontradas na região da cabeça da vítima. Além disso, Jean apresentava escoriações no joelho, o que indica que ele pode ter sido forçado a se ajoelhar. 

A vítima já possui passagem pelo setor policial, os investigadores apuram as denúncias chegadas à delegacia para elucidar o crime.