Segurança

Criança passa quase 24 horas trancada em casa com cadáver da mãe e do irmão, em Piraquara

Quem constatou o crime foi o tio da criança sobrevivente, que a escutou chorando desesperadamente dentro da residência

Eduardo
Eduardo Igor / Estagiário Com informações do repórter Lúcio André e supervisão de Giselle Ulbrich
Criança passa quase 24 horas trancada em casa com cadáver da mãe e do irmão, em Piraquara
(Imagem: Reprodução / Redes Sociais)

1 de setembro de 2021 - 19:53 - Atualizado em 2 de setembro de 2021 - 06:57

A cantora gospel Ivanilda de Magalhães de Castro, 32 anos, mais conhecida como “Vany Magalhães“, e um de seus filhos, Renan de Magalhães Ribeiro, de 9 anos foram encontrados mortos a facadas, na tarde desta quarta-feira (01), em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba. Outra criança, uma menina de 2 anos, que estava na residência, foi poupada pelo assassino. Os corpos só foram localizados depois que o tio das vítimas passou em frente à casa, muitas horas depois, e escutou a sobrinha chorando desesperadamente lá dentro.

O crime aconteceu na Rua Jerusalém, bairro Planta Deodoro. Conforme apuração do repórter Lúcio André, da RIC Record TV Curitiba, o principal suspeito é o marido, Eliseu de Castro da Silva, 31 anos, que teria tido um suposto surto psicótico, na noite de terça-feira (31), e matou a mulher e o enteado de 9 anos, a golpes de faca.

Polícia procura por Elizeu de Castro Silva. Foto: Divulgação / Polícia Civil

Já a criança de 2 anos, que seria filha de Vany com o suspeito, foi trancada viva e sem ferimentos na casa junto com os dois cadáveres, até a tarde desta quarta (01), quando o tio ouviu o choro da menina da rua e resolveu entrar para ver o que estava acontecendo.

Pouco antes das 17h desta quarta, o Instituto Médico Legal (IML) foi acionado para ir até o local. O Conselho Tutelar também foi acionado e está com a menina de 2 anos. Investigadores da delegacia de Piraquara ainda buscam confirmar a autoria do crime.