Segurança

Ciclista importunada sexualmente por homem de dentro do carro tem bicicleta furtada

Andressa foi assediada por um jovem que passava por ela em um carro e a tocou, fazendo-a cair da bicicleta

Caroline
Caroline Maltaca / Estagiária com supervisão de Giselle Ulbrich
Ciclista importunada sexualmente por homem de dentro do carro tem bicicleta furtada
Ciclista importunada sexualmente por homem de dentro do carro tem bicicleta furtada (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

30 de setembro de 2021 - 19:02 - Atualizado em 30 de setembro de 2021 - 19:02

Ciclista que foi importunada sexualmente enquanto pedalava por Palmas, no sul do estado, teve a bicicleta furtada na madrugada desta quinta-feira (30). Andressa Rosa Lustosa utilizou as redes sociais para contar o incidente. Segundo a jovem, há marcas de sapato do suspeito próximo a um vaso de flor na casa da mãe dela, de onde a bicicleta foi levada.

Ela não sabe quem possa ter feito isso, mesmo depois de tudo que ela passou no último domingo (26). Andressa pede que quem souber o paradeiro da bicicleta, que a informe pelas redes sociais (@andressarlustosa) ou à polícia pelo telefone 190.

“Pessoal de Palmas, me ajudem a achar”,

escreveu Andressa em uma postagem no Instagram.

De acordo com a Polícia Civil, o caso será investigado.

“Temos que analisar se há algum envolvimento com relação à repercussão que isso gerou, como um ato de represália, ou se foi simplesmente aleatório como poderia acontecer com qualquer outra pessoa do município. De qualquer forma, é um crime que precisa ser investigado”,

explica o delegado de Palmas, Felipe de Souza.

Relembre o caso

O primeiro crime cometido contra Andressa aconteceu no último domingo e foi flagrado por uma câmera de segurança. Quando ela pedalava em uma avenida de Palmas, um carro se aproxima e um jovem, identificado depois como Jackson Barboza Simões, de 19 anos, sentado no banco do passageiro, coloca o braço para fora do veículo e apalpa Andressa nas nádegas. A mulher leva um susto e leva um tombo da bicicleta.

Andressa não teve ferimentos graves, mas a cena protagonizada por ela repercutiu e abriu espaço para diversos debates sobre o assunto. O suspeito foi detido e o colega que dirigia apontado como coautor.