Segurança

Cercamento digital: por segurança, Cascavel vai ser monitorada 24h

Serão aproximadamente 300 câmeras instaladas em pontos estratégicos

Julia
Julia Cappeletto / Estagiária com informações da Kamilla Rorato, da RICtv, e supervisão de Giselle Ulbrich
Cercamento digital: por segurança, Cascavel vai ser monitorada 24h
(Foto: Reprodução/RICtv)

24 de maio de 2022 - 20:17 - Atualizado em 24 de maio de 2022 - 20:17

Cascavel, no oeste do Paraná, está adotando o projeto chamado “Cercamento Digital”, que vai passar a monitorar a cidade 24 horas por dia. Serão aproximadamente 300 câmeras instaladas em pontos estratégicos para trazer mais segurança aos cascavelenses. 

“É um projeto de modernização com todas essas tecnologias, essas ferramentas. Com radares, com câmeras que fazem leituras de placas, leituras faciais, tudo isso está integrado neste projeto”, 

secretário de Segurança Pública, Pedro Fernandes.  

A referência para o novo sistema de monitoramento veio de Curitiba, capital do estado, que tem este apoio tecnológico há cerca de um ano. 

“A gente recebeu a demanda do prefeito em virtude da quantidade de assaltos e furtos de fio de cobre para modernização das câmeras do município e fomos buscar novas tecnologias fora da cidade. Visitamos Curitiba, Campo Largo, Foz do Iguaçu que são cidades referência em segurança pública na parte de videomonitoramento”,

explica o coordenador de gestão da Fundetec, Samuel Pedro Ribeiro. 

A instalação é estratégica. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) fez um estudo sobre as principais rotas de fuga de contrabando e outros crimes. O viaduto do bairro XIV de Novembro está entre eles. Por isso, neste ponto vai ter câmera de alta resolução para identificar a placa do carro. 

Na rodoviária o sistema vai ser diferente. Por lá, passam centenas de pessoas diariamente e, por isso, deve ser instalada a câmera de reconhecimento facial, para ajudar a criar um banco de dados para as forças de segurança agirem até mesmo de forma preventiva.

O projeto entra agora em fase de licitação. Em cerca de 90 dias deve estar em funcionamento.