Segurança

Casal encontrado morto em motel já havia protagonizado confusão em casa swing

Pela cena do crime, a mulher foi morta pelo marido, que após passar a noite ao lado do corpo, tirou a própria vida

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações de Tiago Silva, da RICtv Curitiba
Casal encontrado morto em motel já havia protagonizado confusão em casa swing
Foto: Reprodução/RICtv

25 de janeiro de 2022 - 20:56 - Atualizado em 25 de janeiro de 2022 - 21:05

O casal encontrado morto em um motel às margens da BR-277, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, nesta terça-feira (25), vivia um relacionamento conturbado. Conforme os vários boletins de ocorrência registrados pela mulher contra o marido, a confusão mais recente ocorreu em uma casa swing

De acordo com informações apuradas pela RICtv, na semana passada, os dois foram até o local, no bairro Santa Felicidade, na capital. No entanto, após ver um homem pegar no braço de sua companheira, Marcos Paulo Rocha, de 37 anos, começou a brigar com a mulher e agredi-la com chutes na frente de todos

Na ocasião, ele chegou a ser detido, mas com o passar dos dias, os dois resolveram reatar e comemorar no motel que acabou sendo o palco da tragédia. Foi Eloísa da Silva Luz, de 20 anos, quem reservou a suíte de luxo, na qual os dois acabaram mortos. 

Funcionários do hotel informaram à polícia, que o casal chegou por volta das 22h de segunda-feira (25), em um carro de aplicativo. Durante a noite, eles gastaram cerca de R$ 300, a maioria com bebida alcoólica, e, perto da meia-noite, Eloísa ligou para pedir o jantar. O último contato foi feito por Marcos, que ao amanhecer do dia, ligou para solicitar o café da manhã.

Com o passar das horas, uma funcionária percebeu que não havia movimentação no quarto e resolveram bater na porta para solicitar a saída. Como não foi atendida, ela entrou no local e se deparou com a mulher já sem vida em cima da cama, enrolada em um cobertor. Assustada, ela chamou a polícia e foi só após a chegada dos agentes que Marcos foi localizado enforcado no banheiro

Para a polícia, Eloísa foi assassinada ainda durante a madrugada e Marcos passou o resto do tempo ao lado do corpo

“A vítima feminina já estava com rigidez cadavérica, ou seja, nos leva ao indício de que pelo menos há dez horas ela poderia estar morta naquele recinto. Ele teria matado ela de alguma forma, ou por asfixia ou por envenenamento, e em seguida teria tirado a vida”,

declarou o delegado Fábio Machado. 

Machado ainda explicou que a participação de uma terceira pessoa no crime também será investigada e aguarda o resultado dos exames para ter certeza sobre as causas das mortes dos dois. 

Devido ao fato do casal ter vários boletins de ocorrência envolvendo casos de violência doméstica, o caso será encaminhado à Delegacia da Mulher em São José dos Pinhais. 

Registrou um flagrante? Mande para o WhatsApp do RIC Mais. Clique aqui e faça o portal com a gente!