Segurança

Casa de vítima de assassinato é invadida e tem botijão de gás furtado durante velório

O dono da residência havia sido morto a tiros um dia antes e o furto aconteceu enquanto o corpo era velado

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Casa de vítima de assassinato é invadida e tem botijão de gás furtado durante velório
Foto: Ilustrativa/Arquivo/RIC Record TV

27 de novembro de 2021 - 13:29 - Atualizado em 27 de novembro de 2021 - 13:29

A residência de um homem vítima de assassinato, em Mauá da Serra, no norte do Paraná, foi alvo de furto, nesta sexta-feira (26). Moradores da rua São Judas Tadeu flagraram o suspeito entrando na casa e carregando o botijão de gás. O proprietário tinha 27 anos e morreu na quinta-feira (26), vítima de disparos de arma de fogo. Seu corpo estava sendo velado no momento do crime.

Ao perceberem a movimentação na casa, populares acionaram a Polícia Militar (PM). Os oficiais encontraram o suspeito, que tem 38 anos, a um quarteirão do endereço da denúncia. Ele estava ao lado de um botijão. Durante a revista, os policiais ainda encontraram uma máquina de cortar cabelo e um documento de Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV).

Familiares foram procurados na capela mortuária da cidade e fizeram o reconhecimento dos objetos. A residência estava com as portas abertas e sem sinal de arrombamento. O autor do furto foi levado à delegacia de Marilândia do Sul.

A vítima havia sido morta na mesma rua da casa. Testemunhas viram dois homens encapuzados e armados fugindo. Ainda não se sabe a motivação do crime.