Segurança

Câmera flagra mulher furtando ração para cães de rua em Maringá; assista

“Não ficou nem um grãozinho de ração. Achei uma falta de respeito, um ato de egoísmo”, relata a dona da casa

Renan
Renan Vallim / Repórter
Câmera flagra mulher furtando ração para cães de rua em Maringá; assista
Mulher enche sacolinha de supermercado com ração para cães de rua (Foto: Reprodução)

18 de novembro de 2021 - 11:30 - Atualizado em 18 de novembro de 2021 - 11:30

Uma moradora da Zona 20, em Maringá, percebeu que a ração que ela deixava para os cachorros de rua em frente de casa estava acabando muito rapidamente. Ela então olhou as gravações da câmera de segurança da casa e flagrou uma mulher furtando toda a ração e colocando em uma sacolinha.

A empresária Caroline Pesseroli é a dona da casa. Ela conta que sempre colocou ração e água para cães e gatos de rua em frente de casa. No entanto, há alguns dias, percebeu que a ração começou a acabar mais rápido do que o normal e estranhou.

“Pensei: não é possível que, de repente, os animais de rua começaram a comer tanto. Não acho que aumentou tanto assim o número de cachorros e gatos abandonados. Tinha alguma coisa estranha“, disse ela.

Foi então que ela resolveu olhar nas câmeras de segurança instaladas na fachada da residência e viu uma imagem que a surpreendeu: uma mulher anda pela rua, se abaixa e enche uma sacola com toda a ração colocada para os animais de rua. “Não ficou nem um grãozinho de ração. O pote ficou completamente vazio. Nada para os cachorros de rua. Achei uma falta de respeito, um ato de egoísmo“, afirmou a empresária.

A imagem foi gravada na manhã desta quarta-feira (17), perto das 9h. Ela diz que não se importaria se a mulher tivesse batido à sua porta e pedido um pouco de ração. “Não me importaria em ajudar. Era só pedir“.

Ligada à causa animal, Caroline é voluntária em uma ONG que cuida de animais abandonados em Maringá. Ela própria resgata animais de rua: na casa, ela mantém 48 cães, 11 gatos, 2 cabras, além de várias galinhas e outros animais.

Ela espera agora que o problema não volte a acontecer. “Coloquei mais ração e tentei deixar mais difícil para alguma pessoa acessar. Espero que isso não aconteça mais“, ressaltou.