Assassinatos

Júri popular de acusado de matar a youtuber Isabelly será na próxima segunda

A adolescente foi assassinada com um tiro na cabeça cabeça em Pontal do Paraná, em fevereiro de 2018

Isadora
Isadora Deip / Estagiária com supervisão de Giselle Ulbrich
Júri popular de acusado de matar a youtuber Isabelly será na próxima segunda
(Foto: Reprodução/Facebook)

2 de março de 2022 - 20:22 - Atualizado em 2 de março de 2022 - 20:23

Everton Vargas, acusado de matar a youtuber Isabelly Cristine Domingos dos Santos, irá a júri popular em Pontal do Paraná, no litoral paranaense, na manhã da próxima segunda-feira (7). O julgamento acontece quatro anos após o assassinato de Isabelly.

“A perspectiva da acusação é que a população de Pontal do Paraná, pelos seus jurados, finalmente dê uma resposta firme com a condenação máxima do acusado pela sua reprovável conduta dolosa”,

diz nota da advogada assistente da acusação, Thaise Mattar Assad.

O júri será realizado no Auditório Primavera (Rua Tom Jobim, 284, balneário Primavera, Pontal do Paraná – próximo à Escola Municipal Primavera).

O crime

Isabelly era natural de Curitiba, mas morava em Paranaguá quando foi assassinada, em 2018. A jovem tinha 14 anos na época e era responsável pelo canal do YouTube “Isa Top Show“, em que publicava vídeos entrevistando artistas. Ela também trabalhava como modelo desde os cinco anos e acumulava títulos como Miss Paranaguá Mirim, Miss Paraná Mirim, Miss Paraná infantil, Miss da beleza Brasileira Revelação, entre outros.

A adolescente voltava de um show de carro, com a mãe e dois amigos, e passava pela PR-412, em Pontal do Paraná. Após um desentendimento envolvendo o motorista Cleverson e o condutor do veículo em que Isabelly estava, Everton teria disparado cinco vezes contra o veículo da vítima, acertando a cabeça da adolescente. A jovem chegou a ser socorrida e levada para o Hospital Regional do Litoral, em Paranaguá, mas teve morte cerebral confirmada na noite do dia seguinte, em 15 de fevereiro.

Na época, os irmãos Everton e Cleverson foram presos no balneário Ipanema, em Pontal do Paraná.

Registrou um flagrante? Mande pro WhatsApp do RIC Mais clicando aqui e faça o portal com a gente!