Assassinatos

Homem mata irmão após bebedeira em Curitiba: “acabou com a vida dele também”

Vizinhos relataram que brigas entre os irmãos eram constantes; caso foi registrado no bairro Cajuru

Guilherme
Guilherme Becker / Editor com informações de Marcelo Borges, da RICtv
Homem mata irmão após bebedeira em Curitiba: “acabou com a vida dele também”
(Foto: Marcelo Borges/ RICtv)

26 de maio de 2022 - 08:04 - Atualizado em 26 de maio de 2022 - 08:05

Uma briga entre irmãos terminou em morte na noite desta quarta-feira (25), no bairro Cajuru, em Curitiba. De acordo com familiares, os homens estavam bebendo em casa quando teve início uma discussão. Com uma faca, um dos irmãos atacou o outro e ainda permaneceu ao lado do corpo da vítima esperando a Polícia Militar (PM), na sequência o suspeito foi preso.

Vizinhos que moram no Jardim Acrópole revelaram que os irmãos moravam com o pai e as brigas na residência eram frequentes.

“Só brigam quando estão bêbados, quando estão sóbrios são gente. Nunca vi arrumar confusão com ninguém, mas quando bebem […] Coisa de louco, onde vamos parar, um irmão tirar a vida do outro irmão. Cabeça cheia de cachaça e amanhã que vai ver o que ele fez, a desordem. Acabou com a vida dele também”,

contou um morador que não quis se identificar.

Briga entre irmão

De acordo com informações de familiares, na noite desta quarta, os irmãos Ezequiel e Pedro Ferreira, de 42 e 45 anos, respectivamente, estavam em casa no bairro Cajuru. Durante a noite, os homens começaram a beber e tiveram um desentendimento, que resultou em uma briga.

Os parentes contaram que Pedro ingeriu bebida alcoólica e misturou com os remédios controlados, que faz uso contínuo. Bastante alterado, o homem pegou uma faca e atacou Ezequiel. A vítima não conseguiu se defender e entrou em óbito no local.

Os vizinhos perceberam a movimentação e acionaram a PM. O suspeito permaneceu no local, ao lado do corpo, e quando os agentes chegaram o homem ainda perguntou como o irmão estava. Diante da ocorrência, os policiais prenderam Pedro e encaminharam o suspeito à Central de Flagrantes.

A arma do crime foi encontrada dentro da residência, escondida próxima a um colchão.