Segurança

Adolescente de 16 anos é internado após fazer apologia ao nazismo

Jovem consumia conteúdo pornográfico de animais e também de mulheres, que eram mortas durante o ato

Valeska
Valeska Macedo / estagiária com supervisão de Giselle Ulbrich
Adolescente de 16 anos é internado após fazer apologia ao nazismo
(Foto: Divulgação / Polícia Civil)

1 de julho de 2022 - 22:21 - Atualizado em 1 de julho de 2022 - 22:21

Um adolescente de 16 anos é suspeito de fazer apologia ao nazismo na região de Maringá, no Noroeste do estado. O jovem praticava atos racistas e maus tratos aos animais, além de ter conteúdos de massacres em seu celular.

A polícia suspeitou do adolescente quando ele ameaçou matar os alunos de um colégio localizado na cidade de Santo Inácio, 90 quilômetros ao norte de Maringá. Durante o depoimento, o jovem cometeu injúria racial.

“Ele me xingou de preto, de macaco”,

conta o delegado Alysson Tinoco.

No telefone do adolescente, foram encontrados vídeos de maus tratos aos animais. Em um deles, o jovem agride um gato apenas para se satisfazer.

“Ele tinha centenas de vídeos de massacres no telefone dele. A gente acha que ele não fez porque ele não tinha os meios pra fazer”,

explica o delegado.

Em uma conversa encontrada em um aplicativo de mensagens, o menino afirma para uma amiga que vai matar enquanto estiver vivo. Os policiais encontraram no celular, ainda, conteúdos pornográficos com animais e com mulheres, que eram mortas durante o ato.

O jovem foi internado na ala de psiquiatria do Hospital Santa Clara de Colorado nesta sexta-feira (1°).