País do autor do ataque, Uzbequistão vê ascensão de islamismo radical