13/09/2017 - 09h59

Cazares cai de produção, mas segue incontestável no Atlético-MG de Micale

THIAGO FERNANDES

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - Juan Cazares é outro desde a chegada de Rogério Micale à Cidade do Galo. Autor de oito gols e 16 assistências na temporada, o jogador participou apenas de um tento sob a batuta do novo técnico. Mas não perde o rótulo de titular.

O equatoriano deu assistência para o gol de Valdívia no revés contra o Fluminense, ocorrido no Maracanã, pela 21ª rodada. Nos outros sete confrontos que disputou com o atual comandante, não contribuiu de forma direta para o setor ofensivo.

A queda após a chegada do novo técnico é mais nítida quando a comparação é feita em relação ao número de participações por jogo disputado. Foram 15 passes para gol e oito bolas na rede em 39 jogos com Roger Machado.

A média é de uma participação em gol a cada 1,69 jogo com o ex-treinador atleticano. Desde o anúncio de Rogério Micale, foi uma assistência em oito partidas, o que faz o desempenho ser mais de quatro vezes inferior.

O curioso é que, mesmo com a nítida queda de rendimento, Juan Cazares permanece como titular absoluto do Atlético-MG. O atual treinador do time só manteve o jogador entre os reservas em um compromisso -diante do Grêmio. Na ocasião, priorizando a Copa Libertadores, Micale optou por utilizar os jogadores considerados suplentes.

O estrangeiro se ausentou de outros dois confrontos do Atlético na temporada por defender a equipe nacional de seu pais. Ele ficou fora dos triunfos sobre Internacional e Paraná, ambos pela Primeira Liga.

Neste domingo (17), às 11h (de Brasília), Juan Cazares deve seguir como titular do Atlético na partida contra o Avaí, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os atleticanos, porém, esperam que ele demonstre um futebol bem diferente do atual.

Fonte: Folhapress