Bolsonaro diz que número de mortos na ditadura militar é igual ao do Carnaval