14/11/2017 - 15h31

6 Benefícios do limão que podem te ajudar no combate ao câncer

O composto “limonoides” tem um efeito positivo no tratamento da doença

Em 15 anos as mortes por câncer aumentaram 31% no Brasil, transformando a doença no segundo fator que levam a óbitos no país, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde). Dados do Instituto Nacional do Câncer apontam que somente este ano a doença deve atingir 596 mil pessoas, no Brasil. Mas, além das formas de tratamento convencionais (quimioterapia, radioterapia e cirurgia) será que existe alguma ferramenta que pode auxiliar no combate a essa doença que vem colocando medo na população?


O limão é uma fruta de fácil acesso e está constantemente no dia a dia de todos. Porém, o que poucas pessoas sabem, é que além de dar um toque especial em temperos ou de proporcionar deliciosas limonadas e tortas, ele traz uma série de benefícios ao sistema imunológico do ser humano.

Uma das últimas descobertas do fruto, é o poder medicinal do suco que age contra células cancerígenas, sendo capaz de destruí-las sem alterar as normais. O composto “limonoides” tem um efeito positivo no tratamento de diversos tipos de câncer, dentre os quais estão o câncer de pâncreas, de cólon, próstata, fígado e leucemia.

Rico em vitamina C, o limão traz muitos benefícios à saúde de forma simples e eficaz. Confira os 6 benefícios do limão:

  1. Contribui para a desintoxicação do organismo
  2. Auxilia na eliminação de células malignas (como nas mamas, no colo do útero e nos pulmões) sem afetar as células saudáveis
  3. Fortalece o sistema imunológico
  4. Eficaz contra a obesidade
  5. Controla os sintomas da pressão arterial elevada como tonturas e náuseas
  6. Reduz o índice de glicose no sangue.
Como ingerir a fruta?

O indicado é consumir um copo de água morna com limão por dia, em jejum, ao amanhecer. Duas colheres do suco oferecem 23% das quantidades diárias recomendadas de vitamina C.

Outras técnicas também aconselham o consumo após deixá-lo congelado, pois grande parte dos nutrientes estão presentes na casca, onde existe a maior concentração de substâncias antioxidantes e óleos essenciais. Além disso, as raspas podem ser utilizadas em alguns alimentos.

O importante, além dessas opções, é sempre consultar um médico periodicamente para avaliar a saúde.