Notícias

Unidade de Saúde é interditada em Foz do Iguaçu por suspeita de ebola

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

16 de outubro de 2014 - 00:00 - Atualizado em 16 de outubro de 2014 - 00:00

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Foz do Iguaçu, está interditada desde as 9h desta quinta-feira (16) por causa de um paciente com suspeita de ebola.

Segundo o secretário Municipal de Saúde, Charles Bortoli, o paciente relatou que esteve em Serra Leoa – um dos países com epidemia da doença – há 23 dias.

LEIA MAIS: Perguntas e respostas: tire suas dúvidas sobre o vírus ebola

Ainda segundo a secretaria, todos os profissionais de saúde e demais pessoas que estavam na UPA no momento em que o paciente buscou atendimento também estão sendo mantidos em isolamento conforme o previsto no Protocolo Internacional de Combate ao ebola.

Esse é o segundo caso de suspeita de ebola em menos de uma semana no Paraná. No dia 13 de outubro foi descartada a doença no primeira caso suspeito no país, que ocorreu em Cascavel.