Saúde

Toledo declara situação de epidemia de dengue

A cidade possui 451 casos da doença, desde agosto de 2021; em uma semana houve um aumento de  50,33% de infectados

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações da Prefeitura de Toledo
Toledo declara situação de epidemia de dengue
(Foto: Reprodução/RICtv)

19 de abril de 2022 - 16:44 - Atualizado em 28 de abril de 2022 - 14:46

Depois de registrar um aumento nos casos de dengue, Toledo, no oeste do Paraná, declarou que está em situação de epidemia da doença. O decreto foi assinado pelo prefeito Beto Lunitti, no fim da tarde de segunda-feira (18). 

De acordo com a secretaria de Saúde da cidade, o boletim epidemiológico da dengue, divulgado na quarta-feira (14), aponta 451 casos da doença, sendo 439 autóctones e 12 importados, desde agosto de 2021. O aumento de casos, em apenas uma semana, foi de 50,33%

Com este número de infectados, Toledo supera a barreira de 0,3% da população que teve a doença no período, entrando em situação de epidemia

A preocupação da secretaria de Saúde é que a quantidade de pessoas com dengue tenha um aumento, já que 295 exames aguardam resultado. Somando os casos confirmados, em análise e os 270 que já foram descartados, 1.016 pessoas com sintomas da doença procuraram os serviços de saúde desde agosto do ano passado.

A coordenadora do Controle e Combate às Endemias, Lilian Konig, explica que é imprescindível a colaboração dos cidadãos no combate ao mosquito, impedindo que se reproduza em locais onde a água pode acumular. 

“Todos sabemos o que deve ser feito para prevenir a dengue. Tem que ‘cortar o mal pela raiz’, isto é, eliminar qualquer possibilidade de o mosquito se reproduzir, dando uma ‘geral’ no quintal ao menos uma vez por semana, tirando a água que se acumula em vasos, pneus, garrafas, calhas, plantas, entre outros lugares onde o mosquito deposita seus ovos”, 

afirma a coordenadora. 
Registrou um flagrante? Mande pro WhatsApp do RIC Mais clicando aqui e faça o portal com a gente!