Saúde

Sete pessoas morrem após comerem carne de tartaruga-marinha

A lista inclui um menino de 3 anos; a carne, que é uma iguaria na Tanzânia, já foi proibida

Mônica
Mônica Ferreira / Estagiária com informações da BBC News
Sete pessoas morrem após comerem carne de tartaruga-marinha
(Foto: Pexels imagens)

30 de novembro de 2021 - 17:13 - Atualizado em 30 de novembro de 2021 - 17:14

Sete pessoas morreram após comerem carne de tartaruga-marinha envenenada, a lista inclui um menino de 3 anos. Outras 38 pessoas foram levadas para um hospital e a maioria teve alta. Três continuam internados. As vítimas se alimentaram do animal na última quinta-feira (25), na ilha de Pemba, na Tanzânia.

Os efeitos foram sentidos pela primeira vez no dia seguinte e a criança de três anos foi a primeira a morrer. Duas outras pessoas morreram na mesma noite e mais quatro no domingo.

De acordo com a BBC News, a carne, que é uma iguaria na região, já foi proibida. Amostras da carne estão sendo analisadas por especialistas para entender o que aconteceu com as pessoas que a consumiram.

É possível que a carne tenha se tornado tóxica porque alguns animais marinhos se alimentam de algas que produzem venenos mortais. Isso acontece à medida que as temperaturas aumentam na região entre novembro e março. O envenenamento costuma ser pior em crianças pequenas e idosos, mas pode afetar adultos saudáveis.

Registrou um flagrante? Mande para o WhatsApp do RIC Mais. Clique aqui e faça o portal com a gente!