Saúde

Primeiro caso de varíola dos macacos é confirmado no Paraná

Outros dois paranaenses estão sendo monitorados e aguardam o resultado do teste

Bruna
Bruna Melo / Repórter com informações da AEN
Primeiro caso de varíola dos macacos é confirmado no Paraná
(Foto: reprodução/ Reuters)

3 de julho de 2022 - 10:13 - Atualizado em 3 de julho de 2022 - 11:06

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) confirmou o primeiro caso de monkeypox, popularmente conhecida como varíola dos macacos, no Paraná. A informação foi divulgada neste domingo (3).

O paciente que testou positivo é morador de Curitiba, capital do estado. O homem, de 31 anos, viajou para São Paulo entre os dias 16 a 18 de junho. No dia 24 de junho, ele foi até uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade relatando alergias na pele e febre.

As amostras foram encaminhadas ao Laboratório Central do Estado (Lacen/PR). Em seguida, foram enviadas ao laboratório de referência para casos desta doença, em São Paulo.

Outros dois casos seguem em investigação, em Londrina e Cascavel. Os pacientes também são homens, de 27 e 39 anos, com histórico de viagens internacionais.

Leia também:

A varíola do macaco é uma doença viral e a transmissão ocorre por meio de contato com lesões de pele de pessoas infectadas ou objetos contaminados. A doença causa erupções na pele, que geralmente se desenvolvem pelo rosto e se espalham para outras partes do corpo. Entre os principais sintomas estão febre, dor de cabeça, dores musculares, dores nas costas, linfadenopatia, calafrios e fadiga.

No último relatório divulgado pelo Ministério da Saúde, 37 casos foram confirmados no Brasil.