Saúde

Maringá bate novo recorde de casos de coronavírus em 24 horas; Santa Casa está ‘no limite’

Foram 682 pessoas diagnosticadas com a doença, maior número em um único dia desde o início da pandemia

Renan
Renan Vallim / Repórter
Maringá bate novo recorde de casos de coronavírus em 24 horas; Santa Casa está ‘no limite’
Testes têm sido feitos nas UBSs de Maringá e farmácias | Foto: PMM

13 de janeiro de 2022 - 10:18 - Atualizado em 13 de janeiro de 2022 - 10:18

O município de Maringá bateu novo recorde de casos positivados de coronavírus em 24 horas. O último boletim, divulgado nesta quarta-feira (12) mas referente a terça-feira (11), aponta que foram 682 pessoas diagnosticadas com a doença, maior número em um único dia desde o início da pandemia. O recorde já havia sido quebrado no dia anterior.

O número recorde de confirmações acontece pouco mais de uma semana depois das festas de fim de ano, em que tradicionalmente ocorrem aglomerações. O período também coincide com o retorno de boa parte da população para a cidade, após viagens de fim de ano, sobretudo para o litoral.

No boletim anterior, o município já havia quebrado o recorde de casos em um único dia, com 609 casos da doença. Apesar do alto número de infectados, não houve óbito causado pela Covid-19 no boletim mais recente, reflexo sobretudo da vacinação. Existem 3.120 casos ativos da doença diagnosticados em Maringá.

Santa Casa

A Santa Casa de Maringá divulgou nesta quarta-feira um comunicado afirmando que, por conta do aumento dos casos de síndromes respiratórias na cidade, está operando “no limite de sua capacidade”. Por isso, a instituição pede a compreensão de todos em eventuais atrasos no atendimento.

O hospital pede também que as pessoas evitem ir até o Pronto Atendimento do hospital caso não estejam em uma situação de emergência ou que não tenham alguma síndrome respiratória grave. “O momento é crítico”, afirma a nota.