Saúde

Mais de 20 mil crianças já foram vacinadas contra a Covid-19 em Londrina

No total, Londrina já aplicou 1.133.667 doses de vacina contra a Covid-19

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações do N.Com
Mais de 20 mil crianças já foram vacinadas contra a Covid-19 em Londrina
(Foto: Daniela Calsavara/RICtv)

3 de março de 2022 - 12:44 - Atualizado em 3 de março de 2022 - 12:45

A Prefeitura de Londrina, norte do Paraná, divulgou balanço da vacinação de crianças, entre 5 e 11 anos, desde o início da campanha. Até 26 de fevereiro, foram contabilizadas 20.367 crianças dentro desta faixa etária já com a primeira dose do imunizante.

A vacinação para o público infantil segue no Centro de Imunização da Zona Norte. O local também tem vagas para o público adulto, com funcionamento das 7h às 19h. Em todos os pontos de vacinação, foram disponibilizadas 5 mil vagas de agendamento para adultos e 400 para crianças.

O agendamento e cadastro da vacinação deve ser feito no portal da Prefeitura de Londrina, clicando aqui. Para receber a vacina pediátrica contra a Covid-19, a criança não deve ter recebido nenhuma outra vacina nos últimos 15 dias.

Tanto para crianças quanto adultos, quem teve diagnóstico positivo para Covid-19 deve aguardar 30 dias para receber a vacina.

No ato da imunização infantil, é necessário apresentar um documento da criança, comprovante de agendamento emitido no portal da Prefeitura e termo de consentimento assinado pelo responsável, que também deve apresentar um documento pessoal de identificação com foto.

Os adultos também devem levar um documento com foto e o comprovante de agendamento com QR Code. No caso de segunda ou terceira doses, também é necessário levar o comprovante de vacinação da dose anterior.

Londrina aplicou, até as 20h do dia 26 de fevereiro, 1.133.667 doses de vacina contra a Covid-19. Deste total, 484.651 pessoas receberam a primeira dose, 438.790 já completaram o esquema vacinal, tendo recebido a segunda dose (425.664) ou dose única (13.126). Além disso, 223.352 já receberam a dose de reforço.

https://ricmais.com.br/noticias/coronavirus/