Saúde

Estudo mostra que atividade física reduz sintomas de depressão em mulheres

Foi analisado um grupo de 41 mulheres com 60 anos ou mais com sintomas de depressão e ansiedade

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações do O Perobal
Estudo mostra que atividade física reduz sintomas de depressão em mulheres
(Foto: Ilustrativa/Pexels)

26 de maio de 2022 - 12:14 - Atualizado em 26 de maio de 2022 - 12:14

Um estudo brasileiro publicado no periódico “Aging and Mental Health“, do Reino Unido, apresentou resultados positivos do exercício físico em mulheres com sintomas de depressão e ansiedade. O primeiro autor é Paolo Marcello Cunha Fabro, Doutor em Educação Física pela Universidade Estadual de Londrina, no norte do Paraná.

O estudo analisou o efeito do treinamento de resistência em 41 participantes com 60 anos ou mais. Todas possuíam sintomas das doenças, mas sem diagnóstico. Foram observados fatores idade, alterações cognitivas e força muscular.

As participantes foram separadas em dois grupos para testes. O primeiro foi submetido a um programa progressivo e supervisionado de treinamento durante 12 semanas. Eram oito exercícios feitos em três séries, três dias por semana. O outro grupo não recebeu intervenção durante o mesmo período.

“As mulheres que apresentam sintomas leves de depressão e ansiedade conseguiram reduzi-los ainda mais”,

explica Paolo Fabro.

O estudo, que pode ser lido clicando aqui, analisa o impacto do treinamento de força muscular sobre a saúde de mulheres na pós-menopausa. Os coautores são da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Universidade de São Paulo (USP) e instituições da China e Reino Unido.

Quer mandar uma sugestão de pauta pro RIC Mais? Descreva tudo e mande suas fotos e vídeos pelo WhatsApp, clicando aqui.