Saúde

Curitiba já vacinou quase 80% da população contra a Covid-19 com ao menos uma dose

Ao todo, 68,8% da população da cidade está totalmente imunizada contra a Covid-19, com as duas doesse ou a dose única

Daniela
Daniela Borsuk com informações da Prefeitura de Curitiba
Curitiba já vacinou quase 80% da população contra a Covid-19 com ao menos uma dose
(Foto: Luicilia Guimarães/SMCS)

11 de novembro de 2021 - 13:22 - Atualizado em 14 de novembro de 2021 - 16:32

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba imunizou, até esta quarta-feira (10), um total de 1.554.571 pessoas com a primeira dose ou a dose única (Janssen) da vacina anticovid. Ao todo, já foram aplicadas na capital 3.014.466 unidades do imunizante, sendo 1.516.315 de primeiras doses e 1.301.581 de segundas doses; 38.256 doses únicas e 158.314 doses de reforço.

Assim, 79,8% dos curitibanos já receberam ao menos uma dose do imunizante e 68,8% da população da cidade está totalmente imunizada contra a Covid-19, com as duas doses ou a dose única.

Vacinados com 18 anos ou mais

Entre a população com 18 anos ou mais, 1.409.129 curitibanos receberam a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus. Um total de 1.339.469 pessoas acima dos 18 anos já completou o esquema vacinal até esta quarta-feira (10). Destes, 1.301.213 pessoas receberam a segunda dose da vacina e outras 38.256 pessoas receberam a vacina em dose única.

Reforço

Curitiba também está aplicando as doses de reforço em quem já completou o ciclo de imunização nos seguintes grupos: idosos de 70 anos, pessoas imunossuprimidas e profissionais de saúde. Até esta quarta-feira (10), 158.314 pessoas desses grupos receberam a dose de reforço.

Adolescentes de 12 a 17 anos

Até o momento, a SMS vacinou 107.186 adolescentes entre 12 e 17 anos. Destes, 368 já receberam também a segunda dose, sendo essas pessoas do grupo de gestantes abaixo de 18 anos.

Doses recebidas

Até o momento, Curitiba recebeu do Ministério da Saúde, repassadas pelo Governo do Paraná, 3.256.487 doses de vacinas, sendo 1.579.648 para primeira dose, 1.420.358 para segunda dose, 38.975 doses de reforço.

Nesse montante já estão contabilizados os 5% de reserva técnica. A reserva técnica é uma medida de segurança, faz parte dos protocolos da logística e é necessária para evitar problemas no fluxo de imunização que possam ser causados por imprevistos eventuais, como por exemplo, quebra acidental de frascos.

O município tem capacidade para vacinar em média até 30 mil pessoas por dia (podendo chegar a 45 mil pessoas). O  avanço do cronograma de imunização ocorre à medida que as doses são enviadas pelo Ministério da Saúde ao governo estadual, responsável por distribuir os lotes do imunizante aos municípios.