Saúde

Com mais de 4 mil casos em 15 dias, Foz do Iguaçu publica decreto para frear contágio

Decreto exige, que as pessoas que forem a shows com mais de 500 pessoas, apresentem teste de Covid com resultado negativo; neste sábado 882 novos casos foram confirmados na cidade

Aline
Aline Cristina / Repórter
Com mais de 4 mil casos em 15 dias, Foz do Iguaçu publica decreto para frear contágio
(Foto: Divulgação/Prefeitura de Foz do Iguaçu)

15 de janeiro de 2022 - 13:55 - Atualizado em 15 de janeiro de 2022 - 13:57

Com o aumento desenfreado de casos de Covid-19 em Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná, a prefeitura da cidade, publicou um novo decreto na sexta-feira (14), que exige, que as pessoas que forem a shows com mais de 500 pessoas, apresentem teste de Covid negativo. A medida vale a partir do dia 16 de janeiro (domingo).

A decisão foi tomada durante reunião do Comitê de Enfrentamento à Covid-19. Os participantes e colaboradores dos eventos devem apresentar o comprovante do teste RT-PCR ou teste de antígeno negativos para a covid realizados 48h antes do show.

A organização obrigatoriamente tem que cumprir os protocolos sanitários vigentes para prevenção à doença, como uso de máscara e disponibilização de álcool em gel.

“Boom” de casos

Do dia 1º até o dia 14 de janeiro, foram registrados mais de 4.100 casos de Covid-19 em Foz do Iguaçu, o que acarretou em uma sobrecarga na rede municipal de saúde, gerando preocupação às autoridades municipais.

Neste sábado (15) a Vigilância Epidemiológica de Foz do Iguaçu confirmou 882 novos casos de Covid-19. No total, são 50.820 casos da doença no município. Destes, 47.113 pessoas já estão recuperadas.

Dos 882 novos casos, 507 são mulheres e 375 homens, com idades entre 4 meses e 86 anos. Entre eles, 2 estão internados e os demais em isolamento domiciliar.

Do total de casos ativos, 2.521 pessoas estão em isolamento domiciliar, com sinais e sintomas leves, e 20 estão internadas. Mesmo com a grande quantidade de casos, a cidade da fronteira não contabilizou nenhuma morte nas últimas 24h.

https://ricmais.com.br/noticias/coronavirus/