Saúde

Casa Branca finaliza alocação de 80 mi de vacinas contra Covid-19 ao exterior, parte virá ao Brasil

Parte da remessa deverá chegar no Brasil nas próximas semanas.

Reuters
Reuters
Casa Branca finaliza alocação de 80 mi de vacinas contra Covid-19 ao exterior, parte virá ao Brasil
Vacinação contra Covid-19

17 de junho de 2021 - 15:27 - Atualizado em 17 de junho de 2021 - 23:35

Por Carl O’Donnell e Michael Erman

(Reuters) – A Casa Branca finalizará a alocação de 80 milhões de vacinas contra Covid-19 fabricadas nos Estados Unidos que prometeu enviar ao exterior nos próximos dias, e as remessas partirão assim que os países estiverem prontos para recebê-las, disse uma autoridade norte-americana de alto escalão nesta quinta-feira.

Os EUA já começaram a despachar doses, disse Jeff Zients, coordenador de reação à Covid-19 da Casa Branca, acrescentando que algumas vacinas seguirão para o Canadá ainda nesta quinta-feira e outras para o Brasil nas próximas semanas.

O Canadá disse que espera receber dos EUA cerca de um milhão de doses da vacina da Moderna nesta quinta-feira.

No início deste mês, o governo Biden anunciou planos de como alocará 25 milhões de doses e disse que distribuirá as 55 milhões de doses restantes até o final de junho.

Os EUA amentam suas remessas de vacina ao exterior à medida que avançam rapidamente na campanha de imunização de seus próprios moradores. Na semana passada, a Casa Branca anunciou que está adquirindo 500 milhões de doses da Pfizer Inc para doar a países mais pobres em 2021 e 2022.

Mais de 175 milhões de norte-americanos já receberam ao menos uma dose de uma vacina contra Covid-19 até agora, e quase 65% dos adultos receberam ao menos uma dose. Enquanto isso, países como Índia e Brasil continuam enfrentando surtos graves de Covid-19 e necessitando desesperadamente de vacinas.

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH5G1A7-BASEIMAGE