Política

Projeto que prevê redução da tarifa de ônibus em Londrina será votado na sexta (7)

A proposta de reduzir a passagem do transporte coletivo para R$4  foi feita pelo prefeito na segunda (3)

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações da Câmara Municipal
Projeto que prevê redução da tarifa de ônibus em Londrina será votado na sexta (7)
(Foto: Reprodução/RICtv)

5 de janeiro de 2022 - 14:26 - Atualizado em 5 de janeiro de 2022 - 16:17

A Câmara Municipal de Londrina, no norte do Paraná, irá votar o Projeto de Lei nº 4/2022, que reduz a tarifa do transporte coletivo de R$ 4,25 para R$4 , na sexta-feira (7). O chamamento extraordinário foi feito pelo prefeito Marcelo Belinati (PP) na terça-feira (4).

A redução da tarifa foi anunciada na segunda-feira (3) durante uma entrevista coletiva realizada pelo prefeito do município. Empresas do transporte coletivo haviam requerido, após o reajuste da data-base dos trabalhadores, novos valores das tarifas. A Transportes Coletivos Grande Londrina (TCGL) pediu R$ 10,15, o equivalente a um aumento de 149%, e a Londrisul Transportes Coletivos pediu R$ 9,19, o que representa aumento de 116%. Atualmente, o valor está em R$ 4,25, decidido em 2019.

De acordo com o PL, a redução de 0,25 centavos no valor da tarifa será possível com o subsídio da prefeitura para a passagem dos idosos, aposentados por invalidez, pessoas com deficiência, profissionais das forças de segurança e pacientes em tratamento de quimioterapia ou radioterapia.

“É um projeto que vai ser muito bom para a população. A Prefeitura deveria, de qualquer forma arcar, com o prejuízo desse equilíbrio financeiro do contrato. Acho que é uma solução muito importante para todos os usuários.”

comenta o vereador Jairo Tamura (PL).

O valor da tarifa técnica é de R$5,45. A diferença de R$1,45 deve ser subsidiada pela prefeitura. De acordo com o PL, o valor sairá do superávit financeiro de 2021.

Sessão extraordinária

A sessão acontecerá de forma totalmente remota com transmissão pelas redes sociais da Câmara. O órgão estava em recesso parlamentar, porém, como prevê a legislação em casos de urgência, deve ser acatada a convocação do prefeito. O segundo turno acontecerá no sábado (8), às 9h.

A Comissão de Justiça, Legislação e Redação, de Finanças, Orçamento e Política Urbana  e Meio Ambiente devem analisar o projeto antes da votação no plenário.

Registrou um flagrante? Mande pro WhatsApp do RIC Mais clicando aqui e faça o portal com a gente!