Política

Pesquisa espontânea aponta Bolsonaro e Lula empatados tecnicamente no 1º turno

Levantamento CNN/RealTime Big Data foi divulgado nesta quarta (25)

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações da CNN Brasil
Pesquisa espontânea aponta Bolsonaro e Lula empatados tecnicamente no 1º turno
Presidente Jair Bolsonaro

25 de maio de 2022 - 17:49 - Atualizado em 25 de maio de 2022 - 17:49

Jair Bolsonaro (PL) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT) aparecem tecnicamente empatados, na margem de erro, na pesquisa espontânea do levantamento CNN/RealTime Big Data para o primeiro turno das Eleições 2022, divulgado nesta quarta-feira (25).

Nesse cenário, quando o eleitor responde em quem vai votar sem que os nomes sejam apresentados, Bolsonaro aparece com 28%; Lula, com 26%; e Ciro, com 4%.

Conforme o levantamento, foram ouvidas três mil pessoas por telefone entre segunda (23) e terça (24). A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-07451/2022.

Cenários do 1º turno

Segundo a pesquisa estimulada, quando os nomes são apresentados ao eleitor, o ex-presidente Lula tem 40% das intenções de voto no primeiro turno, seguido pelo presidente Bolsonaro, com 32%; e por Ciro Gomes, com 9%.

Depois aparecem André Janones (Avante) e Simone Tebet (MDB), com 2%; e Luciano Bivar (União), com 1%. Este é o cenário sem o ex-governador de São Paulo João Doria, que desistiu da disputa na segunda, e com mais pré-candidatos.

Não pontuaram os pré-candidatos Vera Lúcia (PSTU), Pablo Marçal (Pros), Sofia Manzano (PCB), Felipe d’Avila (Novo), Leonardo Péricles (UP) e José Maria Eymael (DC).

Os que dizem votar em branco ou nulo somam 9%. Os indecisos e os que não responderam correspondem a 5%.

Também foram testados outros três cenários estimulados de primeiro turno – o principal é o terceiro.

Cenário 1

  • Lula (PT) – 39%
  • Bolsonaro (PL) – 31%
  • Ciro Gomes (PDT) – 8%
  • João Doria (PSDB) – 4%
  • André Janones (Avante) – 2%
  • Simone Tebet (MDB) – 1%
  • Luciano Bivar (União Brasil) – 1%
  • Vera Lúcia (PSTU) – 0
  • Pablo Marçal (Pros) – 0
  • Sofia Manzano (PCB) – 0
  • Felipe d’Avila (Novo) – 0
  • Leonardo Péricles (UP) – 0
  • José Maria Eymael (DC) – 0
  • Branco/Nulo – 9%
  • Não sabe/Não respondeu – 5%

Cenário 2

  • Lula (PT) – 39%
  • Bolsonaro (PL) – 31%
  • Ciro Gomes (PDT) – 8%
  • João Doria (PSDB) – 5%
  • André Janones (Avante) – 2%
  • Luciano Bivar (União Brasil) – 1%
  • Vera Lúcia (PSTU) – 0
  • Pablo Marçal (Pros) – 0
  • Sofia Manzano (PCB) – 0
  • Felipe d’Avila (Novo) – 0
  • Leonardo Péricles (UP) – 0
  • José Maria Eymael (DC) – 0
  • Branco/Nulo – 9%
  • Não sabe/Não respondeu – 5%

Cenário 3

  • Lula (PT) – 40%
  • Bolsonaro (PL) – 32%
  • Ciro Gomes (PDT) – 9%
  • André Janones (Avante) – 2%
  • Simone Tebet (MDB) – 2%
  • Luciano Bivar (União Brasil) – 1%
  • Vera Lúcia (PSTU) – 0
  • Pablo Marçal (Pros) – 0
  • Sofia Manzano (PCB) – 0
  • Felipe d’Avila (Novo) – 0
  • Leonardo Péricles (UP) – 0
  • José Maria Eymael (DC) – 0
  • Branco/Nulo – 9%
  • Não sabe/Não respondeu – 5%

Cenário 4

  • Lula (PT) – 40%
  • Bolsonaro (PL) – 33%
  • Ciro Gomes (PDT) – 11%
  • André Janones (Avante) – 2%
  • Vera Lúcia (PSTU) – 0
  • Pablo Marçal (Pros) – 0
  • Sofia Manzano (PCB) – 0
  • Felipe d’Avila (Novo) – 0
  • Leonardo Péricles (UP) – 0
  • José Maria Eymael (DC) – 0
  • Branco/Nulo – 9%
  • Não sabe/Não respondeu – 5%