Política

Paulo Martins destaca apoio de Bolsonaro, fala em conter STF e critica ‘indecisão’ de Moro

“Eu vou fazer absolutamente tudo para garantir os direitos do cidadão brasileiro e para conter os avanços autoritários do governo do PT”, destacou o pré-candidato ao senado pelo Paraná

Guilherme
Guilherme Becker / Editor com informações do Jornal da Manhã, da rádio Jovem Pan
Paulo Martins destaca apoio de Bolsonaro, fala em conter STF e critica ‘indecisão’ de Moro
(Foto: Guilherme Becker/ RIC Mais)

1 de julho de 2022 - 13:12 - Atualizado em 1 de julho de 2022 - 13:39

Confira tudo sobre as Eleições 2022

O pré-candidato ao senado pelo Paraná, Paulo Eduardo Martins (PL), foi o convidado desta sexta-feira (1º) para participar de uma sabatina no programa Jornal da Manhã, da rádio Jovem Pan. Nos estúdios do Grupo RIC, o atual deputado federal comentou sobre os números das pesquisas eleitorais, comentou sobre apoios para a candidatura e destacou propostas como senador.

O Jornal da Manhã convidou os três pré-candidatos ao senado que mais pontuaram na pesquisa encomendada pelo Grupo RIC, para participar de entrevistas ao longo desta semana. Na última terça-feira (28), Sergio Moro esteve nos estúdios da rádio Jovem Pan.

Respeitando o que prevê a lei eleitoral, Paulo se desvinculou da Jovem Pan na última quarta-feira (29), um dia antes do prazo final para que os pré-candidatos às eleições de outubro deixassem de participar como apresentadores e comentaristas de programas de TV ou rádio.

Paulo Martins celebra apoio de Bolsonaro

Durante a entrevista, Paulo Martins destacou o apoio de Jair Bolsonaro para a disputa no senado. O deputado reforçou que a confiança do presidente dá tranquilidade para a campanha.

“É muito importante porque ajuda na identidade daquilo que eu defendo. Para o eleitor entender que lado nós estamos, o que pretende o senador Paulo Martins e o que vai defender o senador Paulo Martins. A gente tem trabalhado com sustentação com o governo Bolsonaro, votando com o governo, trabalhando junto nas reformas que o governo propõe, e como senador pretendo continuar com esse apoio. Então quando o presidente vem a público dizer ‘o meu candidato é o Paulo Martins’, quer dizer que ele confia no Paulo Martins para continuarmos o trabalho juntos”,

comentou Martins.

Após revelar o apoio do presidente, Paulo Martins foi questionado sobre o apoio do governador Ratinho Jr, que ainda não declarou qual será seu candidato ao senado. O pré-candidato reforçou que os governos de Bolsonaro e Ratinho caminham juntos, entretanto espera um posicionamento oficial.

“O governador tem o tempo dele, com o cenário local, que ele vai interpretando este cenário, vendo as peças. Mas essa é uma tendência natural, pois há um alinhamento entre o governo Ratinho Jr e o governo Bolsonaro, tanto na gestão, quanto nas declarações […] Temos que aguardar, não sou um cara que coloca apoio na boca dos outros, o governador irá se pronunciar”,

declarou Paulo Martins.
(Foto: Guilherme Becker/ RIC Mais)

Projetos de Paulo Martins para o senado 

O deputado aproveitou o espaço na rádio Jovem Pan para revelar as pretensões caso conquiste uma vaga no senado. Segundo o político, o principal objetivo será conter o Supremo Tribunal Federal (STF) e ocupar uma posição que tenha mais autonomia nas decisões. 

“O senador tem mais peso político, é uma casa de 80 cadeiras, na câmara são mais de 500”, pontuou Paulo Martins. 

O pré-candidato declarou que “o Bolsonaro vai vencer as eleições”, porém comentou sobre uma possível eleição do candidato do PT , Luiz Inácio Lula da Silva. “Tenho que conter o governo Lula, ele vai lesar o país […] Eu vou fazer absolutamente tudo para garantir os direitos do cidadão brasileiro e para conter os avanços autoritários do governo do PT”, concluiu.

Paulo Martins critica ‘indecisão’ de Sergio Moro

Nesta semana o Grupo RIC divulgou uma pesquisa eleitoral realizada pela Real Time Big Data e registrada sob o número PR-06518/2022. Em dois cenários, para a disputa do senado, Paulo Martins aparece na segunda posição – um atrás de Álvaro Dias e outro atrás de Sergio Moro. Em um cenário com ambos candidatos, Martins é o quarto colocado com 6% das intenções de voto.

Diante do levantamento, o pré-candidato comentou os números e recebeu com naturalidade a vantagem de Álvaro e Moro. No comentário, o deputado ainda criticou a indecisão de Sergio Moro em lançar a candidatura.

“Pesquisa é resultado de momento. Os outros dois candidatos, o Álvaro e o Moro, são conhecidos por 100% da população, é absolutamente natural que eles larguem na frente. O Sergio Moro está começando a falar das coisas que ele pensa, aliás ele não sabe ainda para o que ele vai ser candidato, o que eu acho gravíssimo para quem quer liderar qualquer processo. O governador tem uma função e limites, o deputado outro e o senador outro, você não saber qual desses três você vai usar para atingir os objetivos que você quer proporcionar a população parece grave. Mas tudo bem, é uma questão dele. Então acho natural eles terem esses índices, fiquei satisfeitos com os índices que a pesquisa aponta para mim, agora é trabalhar”,

declarou Martins.

Confira a entrevista completa:

WhatsApp

Receba no seu celular tudo o que é mais importante
nas Eleições 2022.

Entre no grupoAo entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.