Notícias

Sérgio Moro revoga prisão de ex-ministro Guido Mantega

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

22 de setembro de 2016 - 00:00 - Atualizado em 22 de setembro de 2016 - 00:00

Foto: Lula Marques/ AGPT

Moro afirmou que Polícia Federal, o Ministério Público Federal e ele mesmo não tinham conhecimento do estado de saúde da esposa de Mantega

O juiz federal Sérgio Moro revogou nesta quinta-feira (22) a prisão do ex-ministro Guido Mantega, preso temporariamente na 34ª fase da Operação Lava Jato.

Moro afirmou que Polícia Federal, o Ministério Público Federal e ele mesmo não tinham conhecimento do estado de saúde da esposa de Mantega, que estava sendo submetida a uma cirurgia contra um câncer no momento em que o ex-ministro foi preso.

Ele argumentou também que as buscas já começaram e que Mantega não deve oferecer riscos ou interferir na colheita das provas.

“Procedo de ofício, pela urgência, mas ciente de essa provavelmente seria também a posição do MPF e da autoridade policial. Assim, revogo a prisão temporária decretada contra Guido Mantega, sem prejuízo das demais medidas e a avaliação de medidas futuras”, declarou Moro.

Com informações do site G1.