Política

Moro cresce e desponta como terceira via, diz Paraná Pesquisa

Mesmo assim, ex-juiz está atrás de Lula e Bolsonaro

Moro cresce e desponta como terceira via, diz Paraná Pesquisa
Pesquisa eleitoral aponta Moro como o representante da terceira via (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

22 de novembro de 2021 - 16:02 - Atualizado em 22 de novembro de 2021 - 17:37

Uma pesquisa eleitoral divulgada nesta segunda-feira (22) pelo Paraná Pesquisas apontou a consolidação do ex-ministro Sérgio Moro como o representante da terceira via. O possível candidato aparece pela primeira vez uma porcentagem de dois dígitos: em um dos cenários apresentados pela pesquisa, 11% dos 867 entrevistados afirmaram que votariam no ex-ministro. Moro se mantém atrás apenas do ex-presidente Lula (35,1%) e de Jair Bolsonaro (29,8%).

“A pesquisa mostra os candidatos Lula e Bolsonaro bem a frente. Mas o que surpreende, é o desempenho do candidato Sérgio Moro, que é o único que ainda não disputou uma eleição e mesmo assim, já aparece com dois dígitos, o que não é fácil. Agora, precisamos ver pela frente como vai ser o desempenho dele. Mas em relação as eleições, podemos dizer que já temos três candidatos viáveis”,

comenta o diretor da Paraná Pesquisas, Murilo Hidalgo, sobre a maior aceitação da população em relação a Moro.

De acordo com o instituto, em relação aos possíveis nomes levantados como candidatos que poderão ou não concorrer a presidência nas Eleições de 2022, como Ciro Gomes, João Doria, Mandetta e Eduardo Leite, nenhum chegou a ser nem opção de 8% dos entrevistados.

Lula x Bolsonaro

Lula segue liderando as pesquisas em todos os cenários propostos pelo levantamento, até mesmo na situação eleitoral espontânea, na qual não são apresentadas opções de candidatos aos eleitores. Nesse cenário, o ex-presidente fica na frente, com 19,7%, enquanto Bolsonaro tem 18,4% e Sergio Moro apresenta 2,8%. Segundo os dados divulgados pela pesquisa, em uma disputa apenas entre os dois políticos, Lula receberia 42,5% dos votos e Bolsonaro, 35,6%.

Entre Lula e o ex-ministro Sérgio Moro, o ex-ministro recebeu 29,8%, enquanto o ex-presidente 40,7% e nulos e/ou brancos 26,1%.

Motivo de voto

Cerca de 55,8% dos entrevistados responderam que não votariam no atual presidente. Já em relação a Lula, 47,4% afirmou que não o escolheriam. Ainda segundo a pesquisa, o principal motivo que leva os eleitores a votar no próximo presidente é a honestidade (38,1%), seguido pela competência (18,4%) e em terceiro lugar, ser alguém próximo do povo (16%).

Confira a pesquisa completa clicando aqui.