Política

Operação da PF desta terça (26) mostra que ‘velha corrupção’ persegue o Brasil

O combate à corrupção precisa ser efetivo desta vez para que os crimes não voltem a acontecer

Operação da PF desta terça (26) mostra que ‘velha corrupção’ persegue o Brasil
(Foto: Reprodução)

26 de outubro de 2021 - 12:35 - Atualizado em 26 de outubro de 2021 - 12:36

Na operação desta terça-feira (26) feita pela Polícia Federal há dois velhos conhecidos da região oeste do Paraná: um é o Prefeito de Umuarama, Celso Pozzobom. Ele está afastado do cargo justamente por denúncias de corrupção. A PF já o investiga por desviar dinheiro da saúde, inclusive. De acordo com o Ministério Público (MP), Pozzobom teria ajudado a desviar R$ 19 milhões do dinheiro público para construir uma casa de veraneio em Porto Rico.

O outro alvo é o prefeito de Boa Vista da Aparecida, Leonir Antunes dos Santos, pego duas vezes transportando galos de rinha. Em um dos flagrantes, ele estava no carro da prefeitura.

De acordo com a Polícia Federal (PF), os dois comandavam quadrilhas que direcionavam licitações, superfaturavam valores e distribuíam propina. A velha corrupção, que sempre existiu no brasil, desta vez, turbinada pela impunidade.

Se nas primeiras suspeitas tivesse acontecido uma investigação rápida e houvesse a comprovação dos fatos com punição exemplar, talvez não houvesse reincidência nos delitos. Desta vez, o combate à corrupção precisa ser efetivo.