Política

Econorte prestará serviços sem cobrar pedágios por um ano, diz secretário

Sandro Alex destacou que acordo é referente a uma obra de um viaduto que não foi entregue

Guilherme
Guilherme Becker / Editor com informações da rádio Jovem Pan Curitiba
Econorte prestará serviços sem cobrar pedágios por um ano, diz secretário
(Foto: Divulgação)

23 de novembro de 2021 - 11:36 - Atualizado em 23 de novembro de 2021 - 12:18

Em entrevista ao programa Jornal da Manhã, desta terça-feira (23), o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, confirmou que a empresa Econorte continuará prestando serviços de manutenção e resgate nos trechos que administra por mais um ano. Mesmo sem cobrar tarifas a partir do próximo sábado (27), quando chega ao fim a concessão, um acordo irá garantir o atendimento aos usuários da região norte do Paraná.

Segundo o secretário, as concessionárias possuem ações devido ao não cumprimento de obras, descumprimentos de contratos, sem contar os problemas relacionados à corrupção. Como forma de acordo, por um viaduto não entregue, a Econorte deve continuar com o efetivo, porém, sem cobrar tarifas dos motoristas.

“A Econorte tinha uma obra que não foi realizada em virtude de não haver licenciamento ambiental. E a obra está em desacordo, é um viaduto que seria para uma pista simples. Com a duplicação ela ficaria inócua, não havia necessidade. Então é melhor que a gente troque esta obra pela realização de todos os serviços de manutenção por um ano”,

comentou Sandro Alex.

O secretário ainda reforçou que o acordo refere-se apenas a ação relacionada a esta obra. Mesmo com a manutenção dos trabalhos por um ano, outras ações contra a empresa continuam.

Econorte

A concessionária Econorte administra, por meio de concessão rodoviária, 342,47 quilômetros de rodovias estaduais e federais, tendo três praças de pedágio em: Jacarezinho (R$ 24,40), Jataizinho (R$ 26,40) e Sertaneja (R$ 27,50).

Confira os trechos contemplados:

  • PR-323: da divisa com São Paulo até Warta (62,0 km)
  • PR-445: de Warta a Londrina (14,0 km)
  • BR-369: da divisa com São Paulo até Cambé (158,15 km)
  • BR-153: da divisa com São Paulo até o entroncamento com a PR-092 (51,6 km)
  • PR-090: de Jataizinho até Assaí (14,3 km)
  • PR-862: Contorno Norte de Ibiporã (12,65 km)
  • PR-090: de Ibiporã até Sertanópolis

Em contato com a Econorte, a empresa informou que não irá comentar o assunto.

Assista a entrevista completa