Política

E-mail racista enviado ao vereador Renato Freitas foi disparado por hacker, diz CMC

Coluna apurou com o presidente da Câmara de Curitiba que confirmou que o enviou foi realizado da República Tcheca

E-mail racista enviado ao vereador Renato Freitas foi disparado por hacker, diz CMC
(Foto: Rodrigo Fonseca/CMC)

20 de maio de 2022 - 08:36 - Atualizado em 20 de maio de 2022 - 08:38

A sindicância que apura o envio de um e-mail com conteúdo racista e discriminatório contra o vereador Renato Freitas (PT) avançou nesta sexta-feira (20). De acordo com informações do presidente da Câmara Municipal de Curitiba (CMC), Tico Kuzma (PROS), a mensagem foi enviada durante um ataque hacker.

Ainda de acordo com Tico Kuzma, a investigação revelou que a mensagem foi disparada de um aparelho da República Tcheca, por um hacker que invadiu o e-mail do vereador Sidnei Toaldo (Patriota).

A investigação contou com apoio dos dois vereadores envolvidos – Renato Freitas, que recebeu o e-mail, e Sidnei Toaldo, que teria enviado a mensagem. Os políticos concederam acesso aos computadores e a sindicância conseguiu descobrir a origem da mensagem.