Política

Bolsonaro e Johnson concordam com cessar-fogo urgente na Ucrânia

Johnson disse ainda que o Brasil foi um “aliado vital na Segunda Guerra Mundial, e sua voz foi novamente crucial neste momento de crise

Reuters
Reuters
Bolsonaro e Johnson concordam com cessar-fogo urgente na Ucrânia
Premiê britânico, Boris Johnson

3 de março de 2022 - 21:06 - Atualizado em 3 de março de 2022 - 22:08

(Reuters) – O presidente Jair Bolsonaro conversou por telefone com o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, nesta quinta-feira (02), e ambos concordaram com a exigência de um cessar-fogo urgente na Ucrânia, informou o governo do Reino Unido em nota.

“Os líderes concordaram com a exigência de um cessar-fogo urgente na Ucrânia e disseram que a paz tem que prevalecer“, informou o governo do Reino Unido.

Segundo a nota, Johnson disse ainda que o Brasil foi um “aliado vital na Segunda Guerra Mundial, e sua voz foi novamente crucial neste momento de crise”.

O Brasil votou na véspera a favor de uma resolução da ONU que repreendeu a invasão russa da Ucrânia e que cobra de Moscou a imediata retirada de todas as suas forças do país vizinho.