Política

Bolsonaro admite que pode faltar diesel no Brasil nas próximas semanas

Presidente esteve no Paraná e falou que estoque do combustível deve durar no máximo 40 dias, missão internacional busca resolver situação

Bolsonaro admite que pode faltar diesel no Brasil nas próximas semanas
(Foto: David Roumanet / Pixabay)

3 de junho de 2022 - 20:34 - Atualizado em 3 de junho de 2022 - 23:16

O presidente Jair Bolsonaro (PL) admitiu nesta sexta-feira (03), que pode faltar diesel no Brasil, nas próximas semanas. O estoque, segundo ele, deve durar no máximo 40 dias. A afirmação foi feita durante conversa com jornalistas, em sua visita a Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná.

Bolsonaro disse que já enviou missão internacional a países árabes, na tentativa de resolver o problema. A comitiva já está há 15 dias no Golfo Pérsico e vai voltar com boas notícias, diz o presidente.

Bolsonaro esteve também em Umuarama, na região noroeste, pela manhã, para visitar as obras da Estrada da Boiadeira, na BR-487. Ele deve voltar ainda nesta sexta-feira (3) para Brasília, depois de sua passagem pelo Paraná.