4 de agosto de 2022 - 19:00

Atualizado em 4 de agosto de 2022 - 19:34

Baixa adesão em eventos de Requião preocupa caciques petistas

Baixa adesão em eventos de Requião preocupa caciques petistas

O que era para ser uma festa, virou preocupação para alguns integrantes da coordenação de campanha de Roberto Requião (PT). O candidato a governador esteve em Marechal Cândido Rondon, no sudoeste do Paraná, nesta quarta-feira (03), para inaugurar o “Comitê Popular de Luta”. O evento reuniu poucas pessoas e acendeu um sinal de alerta nos dirigentes da legenda.

Além de Roberto Requião, estavam presentes os deputados estaduais Requião Filho (PT) e Professor Lemos (PT); e o pré-candidato a deputado estadual Paulo Porto (PT). Todas essas lideranças juntas reuniram pouco mais de 20 pessoas, em uma das cidades polo mais importantes do Estado.

Até agora Requião não decolou nas pesquisas, segundo o último levantamento do IPESPE ele tem 25% dos votos, e está em segundo lugar. Ratinho Júnior (PSD) lidera com 51%. O baixo desempenho está animando outros candidatos do campo da esquerda, que acreditam que logo no início da campanha terão a oportunidade de assumir a polarização com o atual governador.