Para tudo tem Paraná

Início da Quaresma marca período importante para fiéis

A missa de Quarta-Feira de Cinzas, no Santuário Nossa Senhora Aparecida de Astorga, é o primeiro passo para a Páscoa

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Início da Quaresma marca período importante para fiéis

16 de fevereiro de 2021 - 09:57 - Atualizado em 16 de fevereiro de 2021 - 10:00

Todos os anos, após o carnaval, os católicos se preparam para os 40 dias que antecedem a maior festa da Igreja: a Páscoa. No Santuário Nossa Senhora Aparecida de Astorga, o segundo maior dedicado à padroeira no Brasil,

o fluxo de pessoas, que normalmente é intenso por causa das visitas dos devotos de Nossa Senhora que vêm de toda a região, aumenta ainda mais durante os dias de oração, penitência e sacrifícios da Quaresma.

Segundo Diogo Rodela, que trabalha na secretaria da paróquia, nos anos antes da pandemia todas as celebrações do período eram lotadas de fiéis que se dirigiam até o Santuário para pagar promessas ou pedir ajuda durante momentos difíceis de suas vidas.

Agora, com a pandemia, o cenário se tornou diferente. “Aumentamos o número de celebrações para evitar que as pessoas se aglomerem dentro e fora do Santuário”, afirma Diogo.

Além disso, esse novo cenário também trouxe a necessidade de transmissões online para as pessoas que querem fazer parte das celebrações, mas não podem sair ou preferem ficar em casa. Para levar as missas para esses fiéis, uma infraestrutura foi montada para as transmissões no Facebook e YouTube do Santuário, que alcançam milhares de fiéis por todo o Brasil.

Quaresma: tempo de reflexão


Celebração da Quarta-Feira de Cinzas em 2020. Foto: Arquivo Santuário Nossa Senhora Aparecida de Astorga

“Arrependei-vos e crede no evangelho” (Mc 1,15).

“A quarta-feira de cinzas e o início da quaresma representam o nosso desejo de iniciar uma caminhada de conversão verdadeira, onde nos propomos a abandonar tudo aquilo que não permite nos aproximar de Deus”, afirma o padre Valdinei Sutil Crespim, um dos sacerdotes do Santuário.

Além disso, a Quaresma também é momento de meditar sobre o comprometimento que os fiéis estão dispostos a firmar no caminho até a Páscoa.  “Receber as cinzas na quarta-feira, início da Quaresma, representa o compromisso que assumimos com Deus de viver estes 40 dias buscando nos aproximar Dele e, ao mesmo tempo, também lutando contra nossos vícios e desejos que nos desviam do caminho do Senhor”, observa o pároco.

Nossa Senhora como modelo de devoção


Foto: Arquivo Santuário Nossa Senhora Aparecida de Astorga

O maior símbolo do Santuário, Maria, também é a grande inspiração de amor, fé e piedade para os católicos. Sua bondade e temor a Deus durante a vida nunca cessaram, a transformando em um exemplo a ser seguido não apenas na Quaresma, mas durante toda a vida.

“Iniciar a caminhada quaresmal no Santuário de Nossa Senhora Aparecida deve nos inspirar a sermos discípulos e discípulas como foi Maria, sempre obediente à vontade de Deus e, mesmo quando não compreendia os caminhos e desígnios de Senhor, guardava tudo no coração numa espera confiante e paciente, compreendendo que as razões Dele nem sempre são entendidas pela razão humana”, observa o padre. Acompanhe o início da Quaresma no Santuário pelo Facebook e YouTube.

Texto de Vanessa Santa Rosa