Coronavírus

Youtuber é preso por espalhar informações falsas sobre cura e imunização de coronavírus

Lucas
Lucas Sarzi
Youtuber é preso por espalhar informações falsas sobre cura e imunização de coronavírus
Foto: Divulgação/Polícia Civil.

14 de abril de 2020 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 14:47

Um youtuber com um canal que tinha mais de 150 mil inscritos foi detido pela Polícia Civil nesta terça-feira (14) em Curitiba. Segundo as investigações, o jovem usava seu canal na internet para divulgar diversas “fake news” sobre a cura e imunização da Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. O youtuber, que não teve o nome divulgado, foi levado à delegacia, mas não ficou preso.

As investigações começaram depois de uma denúncia do Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul. Segundo a queixa, o youtuber estaria divulgando procedimentos irregulares, que poderiam prejudicar a saúde de quem fosse realiza-lo em casa.

Segundo a polícia, ele chegou a passar receitas caseiras utilizando cal virgem, alegando que poderia ser a cura ou a imunização contra o coronavírus. Essa é uma das informações cadastradas no site do Ministério da Saúde como fake news.

youtuber-preso-fakenews-2

Foto: Divulgação/Polícia Civil.

Se complicou!

Além das informações divulgadas em seu canal na plataforma, o rapaz ainda é investigado por divulgar notícias falsas em grupos de WhatsApp. Buscas foram feitas na casa do jovem, onde foram encontradas diversas armas de airsoft e um cartão falsificado de plano de saúde.

O youtuber foi levado ao Núcleo de Combate aos Cibercrimes (Nuciber), onde foi autuado por charlatanismo, falsidade documental, falsa identidade e falso alarde, provocando pânico na sociedade. Além disso, a polícia também o notificou para que seu canal seja retirado do ar, conforme decisão judicial. Caso descumpra, vai ser punido.

youtuber-preso-fakenews-3

Foto: Divulgação/Polícia Civil.