Notícias

Walter decide e Athletico vence na altitude pela primeira vez na história

Com gols de Lucho, Christian e Walter, o Athletico vence na altitude pela primeira vez na história de virada contra o Jorge Wilstermann.

Eduardo
Eduardo Demeterco
Walter decide e Athletico vence na altitude pela primeira vez na história
Créditos: Fábio Wosniak/SIte Oficial

15 de setembro de 2020 - 21:15 - Atualizado em 15 de setembro de 2020 - 21:59

Nesta terça-feira (15) o Athletico enfrentou o Jorge Wilstermann em Cochabamba, na Bolívia, pela terceira rodada da Libertadores. Com gols de Lucho, Christian e Walter, o Furacão vence pela primeira vez na história na altitude por 3×2.

Na próxima rodada o Athletico enfrenta o Colo-Colo na Arena da Baixada em uma partida válida pela quarta rodada da fase de grupos no dia 23 de setembro (quarta-feira) às 19h15 (horário de Brasília).

Jorge Wilstermann 2 x 3 Athletico

Na primeira etapa o Athletico começou a partida sendo pressionado pelo Jorge Wilstermann e aos 9 minutos de partida, o time de Cochabamba abriu o placar com Gilbert Álvarez. O atacante recebeu lançamento e aproveitou o quique da bola para enganar Santos e abrir o placar.

Na sequência o Furacão criou inúmeras oportunidades de gol em cruzamentos onde na maioria das vezes, Lucho González aparecia para tentar o empate, mas era travado pelo goleiro Giménez. Aos 37 minutos, Fabinho foi puxado na área e o árbitro marcou a penalidade máxima. Lucho foi para a bola e empatou a partida batendo no canto esquerdo de Giménez.

O segundo tempo teve no início a mesma intensidade de jogo do dono da casa. O Jorge Wilstermann conseguiu ficar à frente do placar mais uma vez aos 10 minutos quando a bola sobrou para o brasileiro Serginho empurrar para dentro. Com isso, o técnico Eduardo Barros se viu na obrigação de mexer no time.

Aos 27 minutos de jogo, Fabinho tabelou e fez grande jogada com o volante Christian que passou por três marcadores e finalizou por baixo do goleiro Giménez e empatou a partida. Com mais um empate, o time de Cochabamba sentiu o gol sofrido e fez com que o Furacão crescesse na partida.

Aos 37 minutos de jogo, Eduardo Barros decidiu ir para o tudo ou nada e colocou Carlos Eduardo e Walter em campo para tentar desempatar a partida. Aos 45 minutos do segundo tempo, Jonathan avançou sem marcação pela direita e cruzou para Walter livre estufar as redes e virar o jogo para o Furacão. Com isso, o Athletico faz história e vence pela primeira na altitude e assume a liderança do grupo C.

Ficha técnica

Jorge Wilstermann 2 x 3 Athletico
Local: Estádio Felix Capriles, Cochabamba-BOL.
Data: 15 de setembro de 2020 (terça-feira)
Horário: 19h15 (horário de Brasília).
Arbitragem: Angelo Hermosilla (CHI) será o árbitro. Ele terá o auxílio de Alejandro Molina (CHI) e Claudio Urrutia (CHI).

Jorge Wilstermann: Giménez; Zenteno, Benegas, Aponte e Justiniano; Chávez, Melgar (Torrico), Pato Rodríguez (Arrascaita) e Orfano; Serginho e Gilbert Álvarez (Pedriel).
Técnico: Cristian Leonel Díaz.
Cartão amarelo: Orfano, Zenteno, Chávez e Serginho.
Cartão vermelho: Serginho.
Gol: Gilbert Álvarez e Serginho.

Athletico: Santos; Jonathan, Felipe Aguilar, Pedro Henrique e Márcio Azevedo (Abner); Wellington, Erick, Christian (Walter) e Lucho (Pedrinho); Fabinho (Carlos Eduardo) e Geuvânio (Ravanelli).
Técnico: Eduardo Barros.
Cartão amarelo: Erick e Christian.
Gol: Lucho González, Christian e Walter.