Notícias

Voo para Guarulhos atrasa mais de 4 horas; passageiros ficaram quase 2h dentro do avião aguardando decolagem

O voo estava marcado para às 11h10, mas a aeronave apenas chegou no Aeroporto de Cascavel às 13h32

Julia
Julia Cappeletto / Estagiária com supervisão de Caroline Berticelli
Voo para Guarulhos atrasa mais de 4 horas; passageiros ficaram quase 2h dentro do avião aguardando decolagem
(Foto: Vanelirte Moretto)

14 de outubro de 2021 - 17:58 - Atualizado em 14 de outubro de 2021 - 17:58

Um voo marcado para sair às 11h10 do Aeroporto Municipal de Cascavel, no oeste do Paraná, com destino à cidade de Guarulhos, em São Paulo, decolou com mais de 4 horas de atraso. Os passageiros ficaram quase 2 horas dentro do avião aguardando pela decolagem.

De acordo com a jornalista Vanelirte Moretto, passageira no voo, a primeira justificativa de atraso veio logo pela manhã, por conta do mau tempo. Depois, os clientes da companhia, em busca de respostas, teriam recebido o aviso de que a aeronave, responsável pelo voo 1181, estaria com problemas mecânicos e, posteriormente, o atraso não teria sido mais justificado.

O avião, com voo marcado para às 11h10 teria chegado apenas às 13h32 ao Aeroporto.

“Está todo mundo com fome. Já perdi duas conexões, a primeira era às 13h45 de Guarulhos pra Brasília, daí foi reagendada para às 16h45, só que não chego à tempo”,

conta a jornalista.

Por conta do longo atraso, a companhia distribuiu lanches durante o horário do almoço, composto por um suco, um biscoito salgado, um biscoito de goiabada e um bombom.

A redação RIC Mais entrou em contato com a Gol Linhas Aéreas que informou que a decolagem sofreu atrasos por conta das condições meteorológicas na cidade no período da manhã. Segundo a companhia, a aeronave que operaria o voo saiu de Guarulhos para Cascavel com mais de 3h de atraso. Além disso, o avião precisou passar por manutenção, que não estava programada, já com os passageiros embarcados.

Também, a Gol afirma que o problema foi resolvido e o voo decolou com 4h43 de atraso. Agora, a empresa trata das conexões perdidas pelos clientes, tentando realocar os embarques.