Notícias

Volta do Botafogo é marcada por protestos: ‘Protocolo bom é o que respeita vidas’

Estadão
Estadão Conteúdo

28 de junho de 2020 - 13:50 - Atualizado em 28 de junho de 2020 - 13:50

O retorno do Botafogo aos gramados não ficou marcado apenas pelo placar elástico de 6 a 2 sobre a Cabofriense, no Engenhão, mas também pelos protestos do time alvinegro, que é contra a retomada das partidas neste momento em que a pandemia ainda não está controlada no Rio de Janeiro e no País.

A equipe entrou em campo com uma faixa com a frase “protocolo bom é o que respeita vidas”. Além disso, o técnico Paulo Autuori preferiu não participar do jogo, em sinal de protesto, e acompanhou a partida das cabines, deixando o auxiliar Renê Weber no gramado. O treinador havia sido suspenso pelo TJD do Rio de Janeiro por 15 dias após criticar a Ferj em uma entrevista, mas obteve liminar concedida pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para dirigir o time. Mesmo assim, preferiu ficar de fora.

“O Botafogo retorna triste, foram mil mortos ontem. A gente só ouve falar de futebol no Rio de Janeiro, todo mundo preocupado com a doença, nosso técnico sob protesto, não aceitando essa situação, jogadores preocupados… Vamos entrar em campo achando tudo muito esquisito, não é o futebol que estamos acostumados a assistir e acompanhar, é uma outra coisa”, desabafou Carlos Augusto Montenegro, ex-presidente e atual membro do comitê gestor do clube, em entrevista ao Sportv antes da partida.

O movimento “Vidas Negras Importam” também foi lembrado. Após o início do jogo, na primeira falta que o Botafogo teve para cobrar no campo de defesa, os jogadores se ajoelharam repetindo o gesto que vem sendo feito por personalidades do esporte em todo o mundo.

A atitude, no entanto, não foi combinada ou faz parte do protocolo como se tem visto em outros países. Prova disso é que os jogadores da Cabofriense e o árbitro foram pegos de surpresa e apenas um atleta adversário aderiu ao movimento, que durou poucos segundos.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.