Notícias

Vigilante faz namorada de refém e mata homem em Nova Esperança

O vigilante, de 31 anos, só se entregou após horas de negociações com o Bope de Curitiba

Gabriel
Gabriel Trevisan
Vigilante faz namorada de refém e mata homem em Nova Esperança
Foto: Divulgação PM/ Na imagem da direita o vigilante acusado de matar o rapaz em Nova Esperança

24 de setembro de 2020 - 18:42 - Atualizado em 24 de setembro de 2020 - 18:42

Um homem, de 31 anos, foi preso em Atalaia nesta quinta-feira (24) suspeito de matar a tiros outro homem, de 30 anos, em Nova Esperança. O crime aconteceu na madruga desta quinta, após o vigilante ler algumas mensagens no celular da namorado.

Enciumado, o rapaz colocou uma arma na cabeça da namorada e fez a jovem mostrar onde era a casa do outro homem, que supostamente trocava mensagens com ela.

Após chegar a casa do rapaz, o vigilante chamou ele até o portão e atirou duas vezes contra o rapaz, que morreu na hora.

Após executar o homem, o vigilante voltou para a casa com a namorada, fez algumas ameaças e depois soltou a jovem. A Polícia Militar constatou que o suposto autor do homicídio estava sozinho na casa. Diante da situação, o local foi isolado e deu-se início às negociações.

O suspeito se entregou no início da tarde durante negociação com o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) de Curitiba. Ele foi encaminhado à delegacia de Nova Esperança, com duas armas de fogo e outros objetos apreendidos.

Conforme a Polícia Militar, as causas da crise de ciúmes ainda serão apuradas em inquérito policial. No entanto, a Polícia Civil garante que o homem é o principal suspeito do homicídio mais cedo em Nova Esperança.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.