Notícias

Vídeo mostra momento que jovem é morto a tiros na Praça da Espanha; veja!

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

26 de fevereiro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 26 de fevereiro de 2019 - 00:00

O jovem morreu no local após levar quatro tiros (Foto: reprodução das imagens das câmeras de segurança)

O crime aconteceu na madrugada do dia 19 de janeiro, na Praça da Espanha, no bairro batel, bairro nobre da capital paranaense; assista ao momento dos disparos!

Na manhã desta segunda-feira (25), a Polícia Civil do Paraná prendeu um indivíduo identificado como “Bruninho”, de 21 anos, suspeito de participar da morte de Welington Moreira Bueno, de 21 anos, conhecido também como “Quatorze”, na madrugada do dia 19 de janeiro de 2018, na Praça da Espanha, no bairro Batel, região nobre da capital paranaense. 

Vídeo mostra quatro disparos 

No vídeo é possível ver que a vítima foi atingida por pelo menos quatro disparos de arma de fogo, vindo a óbito ainda no local. O caso aconteceu em via pública de um dos bairros mais nobres de Curitiba, e desde então a PCPR apura a autoria do homicídio.

De acordo Tatiana Guzella, delegada responsável pelo caso, a vítima teria se envolvido em uma briga com o suspeito semanas antes. “Se sabe através de diversos testemunhos sigilosos de que, em torno de um mês antes, os dois autores e a vítima teriam tido uma briga com agressões físicas de proporções leves  aproximadamente um mês antes do crime. Acreditamos que a morte de Welington  tenha sido por vingança devido à essa briga”. 

Suspeito não demonstrou reação

No momento da abordagem, a polícia informou que o suspeito não esboçou reação e não se pronunciou sobre os fatos. O suspeito preso conta com passagens pela polícia por crimes de porte e tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, furto e violação de domicílio, e segue preso à disposição da justiça.

A vítima não possuía antecedentes criminais. 

Assista ao vídeo do momento dos disparos

Segundo suspeito 

Tatiana Guzella, delegada responsável pelo caso, explica que o investigado preso na segunda-feira pode ter cometido o crime com uma segunda pessoa. “Acreditamos que nos próximos momentos, após divulgarmos aí as imagens, as filmagens, que estamos abrindo para a imprensa, o paradeiro desse segundo investigado seja nos fornecido via 0800, por isso a importância da divulgação desse caminho de denúncia totalmente anônimo aqui da DHPP”, diz Tatiana. 

Segundo ela, a polícia já sabe o nome da segunda pessoa envolvida. “Já estamos solicitando a prisão preventiva, mas ele ainda não foi encontrado. Nós estamos divulgando as imagens justamente na tentativa de que ela seja localizada o quanto antes”. 

Depoimento do suspeito

Tatiana diz que houveram muitas contradições no depoimento de “Bruninho”. Segundo a delegada, o jovem disse que às duas horas ele estava em casa com sua tia, mas quando a polícia mencionou que iria intimar essa pessoa, ele já se contradisse.

“Depois disso ele disse que não, que foi mais tarde, que tava muito entorpecido para saber o horário. Ele foi apresentando diversas contradições. Quando foi mostrado a ele os registros de imagens onde ele estava, ou seja, todo o trajeto percorrido antes e depois do crime por ele e por esse segundo investigado, ele admitiu que realmente não estava em casa com a tia, mas que tava muito “chapado” – palavras dele – “drogado” – palavras dele também – e que ele não lembrava, então, do horário”.

Mesmo após preso, a delegada confirmou que o suspeito não admitiu em nenhum momento a autoria do crime. “Ele não admite participação, diz que não conhecia a vítima. Todavia, nós temos vários testemunhos dizendo que eles se conheciam. Ele disse que não conhecia a vítima, não sabia dizer o nome do amigo que estava com ele – que efetuou os disparos pelas costas da vítima – que não conhece, que forneceu gratuitamente entorpecente para o atirador que estava com ele o tempo todo, inclusive no momento – antes e depois – e que forneceu para diversos amigos, gratuitamente, entorpecentes”.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.