Notícias

Vídeo mostra momento em que advogado é morto ao reagir a assalto; assista!

O crime aconteceu em na Zona Oeste de São Paulo; autor foi preso na casa de familiares em Curitiba

Guilherme
Guilherme Fortunato / Produtor com informações do repórter Lúcio André da RIC Record TV Curitiba
Vídeo mostra momento em que advogado é morto ao reagir a assalto; assista!
(Foto: Reprodução | Câmera de Segurança)

1 de setembro de 2021 - 16:31 - Atualizado em 1 de setembro de 2021 - 16:31

A Polícia Civil do Paraná prendeu Patrick Aurélio Filho, acusado de matar o advogado Rafael de Paula Carneiro, em 20 de agosto, no bairro Perdizes, Zona Oeste de São Paulo. Ele foi preso em Curitiba

No dia do crime, a vítima passeava com a namorada e o cachorro. O suspeito abordou o casal e anunciou o assalto. O advogado tentou conversar, até que reagiu e foi para cima do ladrão, que estava armado. Os dois caíram e trocaram agressões no meio da rua. O suspeito atirou cinco vezes contra a vítima e fugiu em um carro que estava estacionado próximo ao local do crime, para dar cobertura. 

Após ser atingido pelos tiros, Rafael andou por alguns metros e caiu. Câmeras de segurança registraram o latrocínio. Veja o vídeo: 

Segundo a reportagem da RIC Record TV, Patrick Aurélio Filho é de Curitiba, foi para São Paulo, cometeu o crime e fugiu para a capital paranaense. Ele foi preso na manhã de terça-feira (31), na casa de familiares. 

De acordo com o delegado do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), Rodrigo Brown, o suspeito nega a participação no latrocínio. “Nós acreditamos que o veículo prata que estava com o suspeito foi locado e que ele não devolveu. Nós estamos investigando a origem desse carro e como foi parar com Patrick”, explica. 

Ainda de acordo com o delegado, durante a abordagem, Patrick Aurélio Filho estava com um relógio um celular quebrado. A polícia deteve uma mulher, que segundo testemunhas, estava no banco de trás do veículo usado para fuga. Segundo depoimento da namorada do advogado, uma mulher estava no carro e os investigadores estão apurando a identidade dessa mulher.

(Foto: Polícia Civil)

Em meio a fuga, o suspeito deixou cair um celular, que está com a Polícia Civil de São Paulo. Uma perícia será feita no aparelho.