Notícias

Vereadores presos tomam posse na Câmara de Foz e retornam para a cadeia

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

18 de janeiro de 2017 - 00:00 - Atualizado em 18 de janeiro de 2017 - 00:00

Vereadores presos tomam posse em Foz do Iguaçu. Foto: Fidel Alvarenga/ RICTV

Suspeitos de recebimento de ‘mensalinho’, os políticos chegaram e saíram escoltados

Cinco vereadores reeleitos deixaram a prisão e tomaram posse em uma rápida sessão na Câmara de Foz do Iguaçu na manhã desta quarta-feira (18). Em dezembro, Anice Gazzaoui (PTN), Darci Siqueira (PTN), Rudinei de Moura (PEN), Edilio Dall’Agnol (PSC) e Luiz Queiroga (DEM) e mais sete colegas foram presos durante a 5ª fase da “Operação Pecúlio” por suspeita de recebimento de um mensalinho.

Sem uniformes de presidiários ou algemas, os políticos chegaram escoltados à casa legislativa pouco antes das 10h. Eles foram recebidos por manifestantes que causaram um clima de tensão, já que alguns eram a favor, equanto outros eram contrários à posse.

Moradores de Foz lotaram a plenária, mas por motivos de segurança apenas cem pessoas puderam acompanhar a cerimônia. Durante a solenidade muitos gritavam “vergonha”. Polícia Federal, Militar e Guarda Municipal acompanharam o ato para garantir o cumprimento da determinação judicial.

A cerimônia,comandada pelo presidente interino da Casa, Rogério Quadros, começou por volta das 10h05 e durou aproximadamente dez minutos. Após o juramento, os cinco vereadores assinaram o termo de posse e voltaram para a cadeia novamente com escolta policial.

Veja também

Manifestação na Câmara de Foz do Iguaçu pede a renúncia de vereadores presos

Posse de vereadores de Foz do Iguaçu é marcada por protestos

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.