Notícias

Vantagem de Biden sobre Trump cresce em Wisconsin e Pensilvânia, diz pesquisa Reuters/Ipsos

Reuters
Reuters

12 de outubro de 2020 - 20:03 - Atualizado em 12 de outubro de 2020 - 20:03

Por Jason Lange

WASHINGTON (Reuters) – O candidato democrata à Presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, ampliou a vantagem sobre o presidente Donald Trump em Wisconsin e na Pensilvânia, ganhando impulso em dois Estados que podem decidir o vencedor da eleição, mostrou pesquisa Reuters/Ipsos nesta segunda-feira.

As pesquisas apontaram que o ex-vice-presidente tem 7 pontos percentuais a mais que Trump em ambos os Estados. Uma semana antes, Biden tinha vantagem de 6 pontos em Wisconsin e 5 na Pensilvânia.

A Reuters/Ipsos está fazendo pesquisas com prováveis eleitores em seis Estados – Wisconsin, Pensilvânia, Michigan, Carolina do Norte, Flórida e Arizona – que desempenharão papéis fundamentais para decidir se Trump ganhará um segundo mandato ou se Biden o desbancará.