Notícias

Vandalismo após clássico Athletiba deixou prejuízo de R$ 38 mil aos cofres

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

13 de fevereiro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 13 de fevereiro de 2019 - 00:00

O levantamento foi feito pela Prefeitura de Curitiba (Foto: Divulgação/URBS)

O maior prejuízo foi nos terminais urbanos, já que os estragos deixaram um custo de R$ 37.765,43 nos cofres públicos

Os atos de vandalismo depois do primeiro clássico entre Coritiba e Athletico Paranaense, no dia 30 de janeiro, deixaram um prejuízo de R$ 38 mil aos cofres do transporte público. O levantamento foi feito pela Prefeitura de Curitiba e divulgado nesta terça-feira (12).

Prejuízo das brigas de torcida

De acordo com o levantamento, sete terminais e quatro ônibus foram alvo dos vândalos. Segundo a PM, três pessoas foram encaminhadas à delegacia por porte de drogas, preencheram um termo circunstanciado e foram liberados.

O maior prejuízo foi nos terminais urbanos, já que os estragos deixaram um custo de R$ 37.765,43 nos cofres públicos. O restante, é custo dos vidros quebrados nos coletivos.

Segundo o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto, afirmou que irá entrar com uma ação contra os clubes e torcidas organizadas para pedir ressarcimento.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.