Notícias

Vandalismo na Região Metropolitana de Curitiba afeta abastecimento de água para 65 mil pessoas

Ação ocorreu na madrugada desta terça-feira (14)

Guilherme
Guilherme Becker / Editor com informações da Agência de Notícias do Paraná
Vandalismo na Região Metropolitana de Curitiba afeta abastecimento de água para 65 mil pessoas
(FOTO: DIVULGAÇÃO/ SANEPAR)

14 de abril de 2020 - 00:00 - Atualizado em 31 de agosto de 2020 - 15:29

Uma ação de vandalismo na captação do Rio Despique, em Fazenda Rio Grande, afeta o abastecimento de água para cerca de 65 mil pessoas de bairros da cidade nesta terça-feira (14). A ação ocorreu durante a madrugada. Foram furtados cabos elétricos, equipamentos do quadro de comando e destruída parte da instalação.

A Sanepar já está comprando novos materiais para que a unidade volte a funcionar. A previsão é que o sistema retome a produção no início da noite desta quarta.

(FOTO: DIVULGAÇÃO/ SANEPAR)

Falta de água

O fornecimento é afetado nos bairros dos Estados, Eucaliptos, Gralha Azul, Jardim Veneza, Colonial, Nações, Santarém, Palmeiras, Parque Industrial, Jardim Itália, Sol-Levante, Santa Helena, Santa Maria, Santa Terezinha, São Sebastião, Hortência e Iguaçu.

“Além do prejuízo financeiro, que ainda está sendo avaliado, o furto causa impacto direto no abastecimento de metade da cidade. É uma região que não entra na programação do rodízio, mas agora está sofrendo também com falta de água, justamente no período de pandemia”, explica o gerente de Produção de Água da Sanepar, Fábio Basso.

Todos os dias, a equipe técnica de produção e distribuição de água da Sanepar avalia a situação do abastecimento para confirmar ou não a parada programada do rodízio de cada dia.

Rodízio de 14 a 16 de abril

Nesta terça-feira (14), está programado rodízio para São José dos Pinhais, nas áreas afetados pela gravidade do Reservatório Arujá: Aristocrata, Centro, Zaniolo, Braga, Cruzeiro, Águas Belas, Ouro fino, Costeira, Pedro Moro, Santo Antônio, Colônia Rio Grande, Itália e Bom Jesus. A normalização está prevista para as 8 horas de quarta-feira (15).

Na quarta-feira (15), os bairros programados para o rodízio em Curitiba, a partir das 8 horas, são os afetados pela área da gravidade do Reservatório Campo do Santana: Campo de Santana, Caximba, CIC, Ganchinho e Tatuquara. Em Araucária, as áreas afetadas pela da gravidade do Reservatório Costeira são Campina da Barra, Costeira, Iguaçu e Tindiquera. A normalização está prevista para as 8 horas de quinta-feira (16).

Na quinta-feira (16), a partir das 8 horas, a programação do rodízio para Curitiba são as regiões afetadas pela área do recalque do Reservatório Ceasa: Campo de Santana, Caximba, CIC, Ganchinho, Tatuquara, Umbará e Sítio Cercado. Ou seja, são regiões diferentes da parada do dia anterior. A normalização está prevista para as 8 horas de sexta-feira (17).