Economia

Valor previsto para 2020 não reflete política de salário mínimo, diz secretário

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

25 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 25 de setembro de 2019 - 00:00

O secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues Junior, disse nesta quarta-feira, 25, que a previsão de valor de salário mínimo em 2020 (R$ 1.039) não representa uma política do governo para o piso nacional. A cifra garante apenas a reposição da inflação prevista para este ano.

Hoje, o salário mínimo é de R$ 998.

O fim da política de valorização real do salário mínimo se dá após mais de uma década de ganhos reais praticamente ininterruptos, na mesma medida do crescimento da economia dois anos antes do reajuste.

O governo tem até o fim do ano para encaminhar uma proposta de política para o salário mínimo, caso assim deseje.

A Constituição garante apenas a reposição pela inflação. O ministro da Economia, Paulo Guedes, ressaltou que o governo não vai tornar optativo o reajuste do salário mínimo pela inflação.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.